Virtual Studio Technology

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtual Studio Technology
Desenvolvedor Steinberg
Lançamento 1996
Licença comercial
Estado do desenvolvimento ativo
Página oficial Steinberg.net

Virtual Studio Technology (em inglês: Tecnologia de Estúdio Virtual), ou simplesmente VST, é uma interface desenvolvida pela Steinberg e lançada em 1996 que integra sintetizadores e efeitos de áudio com editores e dispositivos de gravação de som digitais. O VST utiliza processamento de sinal para simular o hardware tradicional de estúdio de gravação com software. Existem milhares de plugins desenvolvidos sobre a plataforma VST, que é suportada pela maioria das aplicações de áudio; notavelmente, o suporte a VST é padrão em aplicativos DAW. A tecnologia pode ser licenciada diretamente da Steinberg.[1]

A sigla VSTi é normalmente usada para diferenciar um plugin de efeito de um plugin de instrumento virtual, este tendo a letra "i" adicionada ao fim da sigla.

Linguagens de programação[editar | editar código-fonte]

O SDK para o desenvolvimento de VSTs foi escrito originalmente em C, sendo depois portado para várias linguagens, como C++, Java, C#, e Delphi. Há bibliotecas inteiras construídas para as plataformas .NET e Java. A linguagem FAUST também oferece suporte a VST.[2] [3]

A Steinberg desenvolveu uma GUI em C++ que pode ser utilizada para a construção de interfaces mais elaboradas, com classes para botões, sliders, displays, etc. O uso das imagens que compõem a interface, entretanto, ainda fica a cargo do desenvolvedor.

Referências

  1. VST 3.5 — a milestone in VST development (em inglês). Steinberg (10-2-2011).
  2. Make A VST: VST Programming Overview (em inglês). Stonebridge. Página visitada em 25-3-2011.
  3. Generating a VST Plugin via Faust (em inglês). Stanford University (28-12-2010).

Ver também[editar | editar código-fonte]