Xadrez de Alice

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ilustração de Alice atravessando o espelho.

O Xadrez de Alice é uma variante do xadrez criada pelo problemista britânico Vernon Rylands Parton em 1954, baseado no livro de Lewis Carroll Through the Looking-Glass, and What Alice Found There (Alice no país do espelho no Brasil e Alice através do espelho em Portugal).[1]

Normalmente são empregados dois tabuleiros para a prática do jogo, entretanto como nenhuma casa pode permanecer acupada nos dois tabuleiros, podem ser utilizadas peças do jogo de damas sobre as peças de xadrez para indicar que estas estão no tabuleiro B. O mesmo efeito pode ser atingido em jogos pelo computador onde as peças invertidas verticalmente indical sua posição no tabuleiro B.[2]

Regras[editar | editar código-fonte]

a8 b8 c8 d8 e8 f8 g8 h8
a7 b7 c7 d7 e7 f7 g7 h7
a6 b6 c6 d6 e6 f6 g6 h6
a5 b5 c5 d5 e5 f5 g5 h5
a4 b4 c4 d4 e4 f4 g4 h4
a3 b3 c3 d3 e3 f3 g3 h3
a2 b2 c2 d2 e2 f2 g2 h2
a1 b1 c1 d1 e1 f1 g1 h1

A

a8 b8 c8 d8 e8 f8 g8 h8
a7 b7 c7 d7 e7 f7 g7 h7
a6 b6 c6 d6 e6 f6 g6 h6
a5 b5 c5 d5 e5 f5 g5 h5
a4 b4 c4 d4 e4 f4 g4 h4
a3 b3 c3 d3 e3 f3 g3 h3
a2 b2 c2 d2 e2 f2 g2 h2
a1 b1 c1 d1 e1 f1 g1 h1

B

Posição após 1.Cf3 e6 2.Ce5 Bc5.


Todas as peças se movem de acordo com as leis do xadrez. Na posição inicial, as peças ficam dispostas no tabuleiro A enquanto o B permanece vazio. Cada vez que uma peça é movida, esta atravessa o espelho para o outro tabuleiro sendo colocada na casa correspondente ao movimento no tabuleiro A.[1]

Os movimentos só podem ser executados se forem legais no tabuleiro onde a peça está disposta e a casa correspondente ao movimento no tabuleiro B estiver vazia. Portanto, as peças podem capturar somente no tabuleiro onde estão, entretanto são imediatamente atravessadas após o movimento de captura.[1] [2]

Variações[editar | editar código-fonte]

Começo de um tabuleiro de xadrez. a b c d e f g h
8 torre preta em a8 dama preta em b8 rei preto em c8 torre preta em d8 8
7 cavalo preto em a7 bispo preto em b7 bispo preto em c7 cavalo preto em d7 7
6 peão preto em a6 peão preto em b6 peão preto em c6 peão preto em d6 6
5 5
4 4
3 peão branco em a3 peão branco em b3 peão branco em c3 peão branco em d3 3
2 cavalo branco em a2 bispo branco em b2 bispo branco em c2 cavalo branco em d2 2
1 torre branca em a1 dama branca em b1 rei branco em c1 torre branca em d1 1
a b c d e f g h Fim do tabuleiro de xadrez.
Versão menor da variante

O jogo pode ser praticado com pequenas modificações como ausência do roque e captura en passant.[1] Outras variantes como o Raumschach e o Xadrez Grande também podem ser jogados de modo semelhante ao xadrez de Alice.[2] No artigo original Parton sugeriu uma variante numa versão menor que podia ser jogada somente em um tabuleiro. Outras variantes incluem um terceiro tabuleiro C, podendo o jogador escolher para qual tabuleiro a peça seria movida através do espelho, ou seja, de A para B ou C, de B para C ou A, de C para A ou B. Em uma variante chamada Xadrez de Alice 2 as peças brancas iniciam o jogo em um tabuleiro e as pretas no outro.[2]

Referências

  1. a b c d Hooper 1992, p.12
  2. a b c d Regras do jogo (em inglês). Página visitada em 02/02/2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]