Ácido peptonucleico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido (desde abril de 2008). Ajude e colabore com a tradução.
Disambig grey.svg Nota: Para o código de aeroporto IATA, veja Aeroporto de Pamplona.
Disambig grey.svg Nota: Para o princípio da não agressão (PNA), veja Princípio da não agressão.
PNA en.svg

O ácido peptonucleico ou ácido nucleico peptídico (APN ou em inglês PNA, Peptide nucleic acid) é um polímero sintetizado artificialmente similar ao dna e o ARN e é usado na pesquisa em biologia e medicina. Não se observou ocorrência natural do APN.

ADN e ARN tem uma coluna estrutural de açúcar deoxirribose e ribose, respectivamente, enquanto a estrutura do APN é composta de repetidas unidades de N-(2-aminoetil)-glicine unidas por ligações peptídeos. As várias bases purina e pirimidina são ligadas à coluna principal por ligações metileno carbonila. [1]


Referências

  1. Egholm, M., Buchardt, O., Christensen, L., Behrens, C., Freier, S.M., Driver, D. A., Berg, R.H., Kim, S.K., Nordén, B. and Nielsen, P.E. PNA Hybridizes to Complementary Oligonucleotides Obeying the Watson-Crick Hydrogen Bonding Rules. (1993) Nature, 365, 566-568.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]