.rio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

.rio[1][2] é o domínio de topo[3] (TLD, em inglês[4]: top-level domain) oficial para utilização de órgão governamentais, pessoas físicas e jurídicas, situadas no Município do Rio de Janeiro[5], sendo um dos generic top-level domains (gTLD)[6], assim como .com, .net, .org, entre outros.

O domínio foi delegado à Empresa Municipal de Informática S.A. -IPLANRIO,[7] e é operado pelo NIC.br[8] por meio de um contrato de back-end (Registry Service). Foi lançado oficialmente em 2015.[9][10][11]

Logomarca do .rio (gTLD do município do Rio de Janeiro).

Política de elegibilidade[editar | editar código-fonte]

O titular de um domínio .rio precisa ser de um de dois tipos:

  • Pessoa jurídica constituída no Brasil, com sede, filial, franqueado ou licenciado localizado na cidade do Rio de Janeiro (RJ), com cadastro ativo no "Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica – CNPJ/MF" do Ministério da Fazenda;
  • Indivíduo com endereço fixo na cidade do Rio de Janeiro (RJ), com cadastro ativo no "Cadastro das Pessoas Físicas – CPF/MF" do Ministério da Fazenda.

Um titular que perca elegibilidade para um domínio .rio está sujeito ao cancelamento dos serviços de publicação de DNS do domínio e à remoção do domínio independente da data de expiração.

Política de nomes[editar | editar código-fonte]

O titular concorda com as seguintes condições[12] de uso dos domínios .rio:

  • Usar o domínio .rio apenas para propósitos legais e não abusivos;
  • Não prover serviços de subdomínios para quais outras organizações ou indivíduos, aceitando total responsabilidade por todo o conteúdo e serviços de nomes DNS ("hostnames") independente do nível DNS;
  • Tornar disponível um sítio Web em <domínio>.rio ou www.<domínio>.rio;
  • Prover nesse conteúdo substancial, o que por definição não inclui páginas genéricas de "parking", "em construção" ou de anúncios.
  • Para maior clareza, a IPLANRIO define abuso como o uso excessivo, mau ou errôneo de privilégios e poderes, incluindo, mas não limitado a:
  • Comando e controle de dispositivos através de "Botnet" (uma infra-estrutura de comando e controle para gerenciar um grupo de computadores infectados que recebem ordens de usuários não autorizados pela rede);
  • Abuso ou aprisionamento infantil;
  • Distribuição de pornografia infantil;
  • Publicação de referências circulares no DNS ("Domain Name System") usando recursos da IPLANRIO, do NIC.br ou de outros TLDs ("Top Level Domains");
  • Hospedagem do tipo "fast flux" (registros DNS alterados rapidamente de forma a prevenir detecção ou mitigação de um abuso);
  • "Phishing" (Comunicação não solicitada ou página Web que se passa por de uma instituição conhecida para iludir usuários e fazê-los submeter informações pessoais, privilegiadas ou dados financeiros;
  • Envio massivo de mensagens não solicitadas por correio eletrônico, fóruns, mensagens instantâneas, mensagens por telefone móvel, redes sociais ou espaços de comentários;
  • Apropriação indébita de qualquer serviço "online";
  • Ações fraudulentas ou ilegais;
  • Distribuição propositada de "malware" (qualquer tipo de software que execute ações maliciosas num sistema de computador, tais como vírus, worms, bots, cavalos de Troia e rootkits).

Referências

  1. «.rio». nic.rio. Consultado em 18 de março de 2016 
  2. «IANA — .rio Domain Delegation Data». www.iana.org. Consultado em 18 de março de 2016 
  3. «Título inválido». Wikipédia, a enciclopédia livre 
  4. «Título inválido». Wikipédia, a enciclopédia livre 
  5. «Município do Rio de Janeiro». Wikipédia, a enciclopédia livre 
  6. «Título inválido». Wikipédia, a enciclopédia livre 
  7. «Principal - rio.rj.gov.br». www.rio.rj.gov.br. Consultado em 18 de março de 2016 
  8. «Rio é a primeira cidade da América do Sul a ter um domínio Internet». NIC.br - Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR. Consultado em 18 de março de 2016 
  9. «Hostnet participa da cerimônia de lançamento do Domínio .RIO». Hostnet - Blog. Consultado em 18 de março de 2016 
  10. «Rio de Janeiro anuncia domínio de Internet .rio; saiba como registrar». TechTudo. Consultado em 18 de março de 2016 
  11. «Prefeitura lança domínio .rio para reforçar a marca da cidade». Rio de Janeiro. Consultado em 18 de março de 2016 
  12. «Regras». domínio .RIO. IPLANRIO. Consultado em 18 de março de 2016