91 Aquarii

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

91 Aquarii, também conhecida como Psi1 Aquarii, é um sistema estelar múltiplo,[1] a cerca de 148 anos-luz da Terra,[2] situado na constelação de Aquarius. O sistema é composto por cinco estrelas, com a estrela primária sendo uma gigante laranja. A partir de 2003 sabe-se que um exoplaneta orbita a estrela pimária.

Sistema estelar[editar | editar código-fonte]

A estrela primária (91 Aquarii A) é uma gigante laranja com uma magnitude aparente de +4,24. Com uma separação de 49,6 segundos de arcos da estrela primária existe uma estrela binária composta de 2 estrelas de magnitude 10 (91 Aquarii B e C). Estão a 0,3 segundos de arco uma da outra. O sistema possui ainda outros dois componentes, uma estrela de magnitude 13, 91 Aquarii D, a 80,4 segundos de arco da estrela primária, e uma estrela de magnitude 14, 91 Aquarii E, a 19,7 segundos de arco da B.[3][4][5][6]


O sistema planetário 91 Aquarii
Planeta
(a partir da estrela)
Massa Semieixo
maior
(UA)
Período orbital (d) Excentricidade orbital Inclinação (°) Raio
91 Aquarii b ≥ 2,9 MJ ≥ 0,3 182 0 ? ?

Sistema planetário[editar | editar código-fonte]

Em 2003, foi anunciada a existência de um exoplaneta a orbitar a estrela gigante.[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Eggleton, P. P.; Tokovinin, A. A. (Setembro 2008), «A catalogue of multiplicity among bright stellar systems», Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, 389 (2): 869–879, Bibcode:2008MNRAS.389..869E, arXiv:0806.2878Acessível livremente, doi:10.1111/j.1365-2966.2008.13596.x. 
  2. van Leeuwen, F. (Novembro 2007), «Validation of the new Hipparcos reduction», Astronomy and Astrophysics, 474 (2): 653–664, Bibcode:2007A&A...474..653V, arXiv:0708.1752Acessível livremente, doi:10.1051/0004-6361:20078357. 
  3. Baines, Ellyn K.; et al. (2018). «Fundamental Parameters of 87 Stars from the Navy Precision Optical Interferometer». The Astronomical Journal. 155. 30. Bibcode:2018AJ....155...30B. arXiv:1712.08109Acessível livremente. doi:10.3847/1538-3881/aa9d8b 
  4. «The Colour of Stars», Commonwealth Scientific and Industrial Research Organisation, Australia Telescope, Outreach and Education, Dezembro 21, 2004, consultado em 16 de janeiro de 2012, arquivado do original em Fevereiro 22, 2012. 
  5. Roell, T.; Neuhäuser, R.; Seifahrt, A.; Mugrauer, M. (Junho 2012), «Extrasolar planets in stellar multiple systems», Astronomy & Astrophysics, 542: A92, Bibcode:2012A&A...542A..92R, arXiv:1204.4833Acessível livremente, doi:10.1051/0004-6361/201118051 
  6. Buscombe, W. (1962), «Spectral classification of Southern fundamental stars», Mount Stromlo Observatory Mimeogram, 4, Bibcode:1962MtSOM...4....1B. 
  7. Mitchell, D. S.; S. Frink; A. Quirrenbach; D. A. Fischer; G. W. Marcy; R. P. Butler (5 de janeiro de 2004). «Four Substellar Companions Found Around K Giant Stars». Bulletin of the American Astronomical Society, 35#5; AAS 203rd Meeting; Session 17 Extra Solar Planets. Consultado em 28 de novembro de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]