AMC-2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
AMC-2
Localização orbital 81° W (80,85° W)
Lançamento 30 de janeiro de 1997 (19 anos)
Veículo Ariane-44L H10-3
Operador Estados UnidosGE Americom
LuxemburgoSES
Vida útil 15 anos
Design Lockheed Martin
Cobertura América do Sul
Órbita Geoestacionária
Peso 2.648 kg
Designação COSPAR 1997-002A

O AMC-2 (anteriormente conhecido por GE-2) é um satélite de comunicação geoestacionário construído pela Lockheed Martin, ele está localizado na posição orbital de 81 graus de longitude oeste em órbita inclinada e foi operado inicialmente pela GE Americom, atualmente o mesmo é operado pela SES World Skies, divisão da SES. O satélite foi baseado na plataforma A2100A e sua expectativa de vida útil é de 15 anos.[1][2][3]

História[editar | editar código-fonte]

O satélite GE-2 foi renomeado para AMC-2, quando a GE Americom foi vendida para a SES. A série AMC é uma continuação da velha série RCA/GE Satcom. Ele irá substituiu o Satcom K1 na posição orbital de 85 graus de longitude oeste.[1]

Foi feito em 2014, um pedido para reorientar o seu feixe de banda Ku da América do Sul para à América do Norte.[3]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O satélite foi lançado com sucesso ao espaço no dia 30 de janeiro de 1997, por meio de um veículo Ariane-44L H10-3 a partir do Centro Espacial de Kourou na Guiana Francesa, juntamente com o satélite Nahuel 1A. Ele tinha uma massa de lançamento de 2.648 kg.[1][2][3]

Capacidade e cobertura[editar | editar código-fonte]

O AMC-2 é equipado com 24 transponders em banda C e 24 em banda Ku para prestar serviços de telecomunicação à América do Sul.[1][2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d «GE 1, 2, 3 / AMC 1, 2, 3» (em inglês). Gunter's Space Page. Consultado em 06 de março de 2014. 
  2. a b c «AMC 2 (GE 2)» (em inglês). SatBeams - Satellite Details. Consultado em 06 de março de 2014. 
  3. a b c «GE 2» (em inglês). TSE. Consultado em 06 de março de 2014.