A Little Bit of Heaven

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A Little Bit of Heaven
Um Pedacinho de Paraíso (PT)
Pronta Para Amar (BR)
 Estados Unidos
2011 •  cor •  107 min 
Direção Nicole Kassell
Produção John Davis, Adam Schroeder, Mark Gill
Roteiro Gren Wells
Elenco Kate Hudson, Gael García Bernal, Rosemarie DeWitt, Lucy Punch, Romany Malco, Treat Williams, Whoopi Goldberg, Kathy Bates
Gênero Comédia romântica/Comédia dramática
Cinematografia Russell Carpenter
Edição Stephen A. Rotter
Companhia(s) produtora(s) The Weinstein Company
Davis Entertainment
The Film Department
Distribuição Millennium Entertainment
Lançamento Reino Unido 4 de fevereiro de 2011
Brasil 16 de setembro de 2011
Estados Unidos 4 de maio de 2012
Portugal 2 de maio de 2013
Idioma Inglês
Receita US $1,296,937
Página no IMDb (em inglês)

A Little Bit of Heaven (Pronta Para Amar BRA ou Um Pedacinho de Paraíso POR) é um filme de 2011 do gênero comédia romântica, estrelado por Kate Hudson e Gael Garcia Bernal.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Marley Corbett (Kate Hudson), uma desencanada mulher com uma promissora carreira profissional, grandes amigos, e um senso de humor apimentado, descobre que é portadora de uma câncer de cólon em estado terminal, e sem possibilidade de cura por métodos tradicionais. Ela conhece um jovem médico, Dr. Julian Goldstein (Gael Garcia Bernal), um doutor de sucesso com experiências internacionais, que se impressiona com a capacidade de Marley em aceitar seu diagnóstico mantendo a alegria e o senso de humor. O filme desenrola com a relação de Marley e seus amigos, pais e namorado. Marley entende que não conseguirá sair dessa, e após visões de Deus (Whoopi Goldberg) ela decide entrar no mundo de sonhos que era flutuar para sempre, conforme dito por Pedacinho do Céu (Peter Dinklage), um anão contratado certa noite pelo seu vizinho, para fazer um programa de striptease. A partir disso, Marley e Julian encontram-se apaixonados, e irão fazer de tudo para aproveitar o tempo que ainda resta.

Recepção[editar | editar código-fonte]

O filme recebeu diversas notas negativas ao extremo. A Rotten Tomatoes pontuou com 4% baseada em edições de 50 críticos.[1] Peter Travers do Rolling Stone deu ao filme zero estrelas, chamando "droolingly stupid weepie", algo como estúpida baboseira choramingante.[2]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]