A Luta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Luta foi título de três jornais diários portugueses, em diferentes épocas:

  • A Luta, foi fundado em Lisboa a 25 de agosto de 1975 por uma equipa de jornalistas liderada pelo socialista Raul Rego, tendo como director-adjunto Vítor Direito, (futuro fundador do Correio da Manhã (Portugal), em 1979) e como colaboradores João Gomes, Dieter Dellinger, Miguel Sousa Tavares, etc. O lançamento do diário A Luta ocorreu em pleno Verão Quente, na sequência da extinção do jornal vespertino República, dirigido por Raul Rego, que fora afastado da direcção desse jornal pela comissão de trabalhadores e militantes de extrema-esquerda, segundo se supõe maioritariamente afectos à UDP. O jornal A Luta, que chegou inicialmente a tirar 80.000 exemplares, publicou o seu último número a 8 de março de 1979.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Newsletter N.º 109, Hemeroteca Digital da Câmara de Lisboa

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre meios de comunicação ou jornalismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.