A Scena Muda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A Scena Muda
Bebe Daniels, na capa do primeiro exemplar
(31 de março de 1921).
Categoria revista sobre cinema
País  Brasil
Idioma português
Primeira edição Março de 1921
Última edição Maio de 1955

A Scena Muda foi uma revista brasileira sobre cinema, que circulou entre 1921 e 1955[1], sendo a primeira publicação do país especializada no tema.[2]

A Scena foi a revista sobre cinema que mais longa duração teve, no Brasil.[1]

Conteúdo[editar | editar código-fonte]

Era uma revista que visava divulgar sobretudo a produção cinematográfica estadunidense, sendo portanto a mais "americanizada" dentre esta categoria de publicações.[1]

Versão digital[editar | editar código-fonte]

Em 2010 o Museu Lasar Segall promoveu a edição e digitalização do acervo da revista, com participação do IPHAN e apoio da Petrobrás.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c II Jornada Brasileira de Cinema Silencioso (agosto de 2008). «A Scena Muda e Cinearte». Consultado em 16 de abril de 2010. 
  2. a b Museu Lasar Segall (2010). «Acervo digial, projeto». Digitalização das primeiras revistas sobre cinema no Brasil. Consultado em 16 de abril de 2010. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma revista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.