Abdur Rahman Biswas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Abdur Rahman Biswas
Nascimento 1 de setembro de 1926
Morte 3 de novembro de 2017 (91 anos)
Daca
Cidadania Índia britânica, Paquistão, Bangladesh
Alma mater Universidade de Daca
Ocupação político, advogado
Religião Islã
Causa da morte insuficiência respiratória

Abdur Rahman Biswas (1 de setembro de 1926 - Daca, 3 de novembro de 2017) foi o 11.º Presidente do Bangladesh nos anos de 1991 a 1996.[1]

Primeiros anos e educação[editar | editar código-fonte]

Biswas nasceu na aldeia de Shaistabad, Distrito de Barisal. Ele se formou na Universidade de Daca, onde obteve um BA em história com menção honrosa e um MA em história e uma licenciatura em direito. Seu serviço público subsequente incluiu presidir um banco cooperativo local e o patrocínio de iniciativas educacionais.[1]

Carreira política[editar | editar código-fonte]

Biswas foi eleito como representante na Assembleia Legislativa do Paquistão Oriental em 1962 e 1965. Em 1967, ele representou o Paquistão na Assembleia Geral da ONU. O Bangladesh realizou eleições gerais em 1979 em que Biswas obteve um assento no seu parlamento (Jatiyo Sangsad). Ele ocupou cargos em seus ministérios. Seu assento no parlamento seria confirmado durante a eleição 1991 e logo em seguida foi escolhido como presidente do Parlamento. Venceria as eleições de outubro de 1991 para presidente.[1]

Sua gestão como presidente do governo provisório do Bangladesh viu desafios dos militares; de acordo com a Banglapedia, ele lidou com esses desafios "com firmeza", onde demitiu o chefe do exército, o tenente-general Abu Saleh Mohammad Nasim.[1]


Cargos políticos
Precedido por:
Shahabuddin Ahmed
interino
Presidente do Bangladesh
1991–1996
Sucedido por:
Shahabuddin Ahmed

Referências