Abraham Geiger

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Abraham Geiger
Nascimento 24 de maio de 1810
Frankfurt
Morte 23 de outubro de 1874 (64 anos)
Berlim
Cidadania Alemanha
Alma mater Universidade de Bonn
Ocupação historiador, rabino, professor universitário

Abraham Geiger (Frankfurt am Main, 24 de maio de 1810Berlim, 23 de outubro de 1874) foi um rabino e teólogo alemão.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Rabino em Wiesbaden, recebeu em 1833 seu doutorado pela Universidade de Bonn.

Partidário do movimento de reforma do Judaísmo, rejeitava os elementos nacionalistas, para salientar a missão do povo judeu em difundir o monoteísmo e a lei moral.

Ele reduziu o livro de orações, permitia a música instrumental nas sinagogas, recomendava o uso do vernáculo nas orações, dentre outras idéias inovadoras. Porém, opunha-se à observância do shabbat aos domingos, bem como se opôs a uma ruptura com a comunidade judaica tradicionalista.

Em 1870 tornou-se o grande rabino da comunidade de Berlim, e diretor do novo seminário criado para a pesquisa científica do judaísmo.

Escritor prolífico, seu principal trabalho foi "Urschrift und Übersetzungen der Bibel" (Original e tradução da Bíblia).

Ele foi, ainda, pai do historiador Ludwig Geiger (1848-1919).

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Abraham Geiger