Abu Ali Haçane Iussi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Abu Ali al-Hassan al-Yusi)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Abu Ali Haçane Iussi
Nascimento 1631
 Marrocos, Médio Atlas
Morte 1691 (60 anos)
Cônjuge Zara binte Maomé ibne Muça Fassi
Ocupação escritor sufista

Abu Ali Haçane ibne Maçude Iussi (Abu Ali al-Hassan ibn Masud al-Yusi) foi um escritor sufista, considerado o mais proeminente académico marroquino do século XVII. Foi um colaborador próximo do primeiro sultão alauita Arraxide .[1]

Nascido na tribo berbere aite iussi, nas montanhas do Médio Atlas, foi casado com Zara binte Maomé ibne Muça al-Fasi. Deixou a sua aldeia nativa quando era muito jovem para empreender uma peregrinação. Recebeu a sua baraca do xeque Maomé ibne Nácer, da tariqa (irmandade sufista) Naciria de Tamegroute.

Da sua autobiografia, Al-Fahrasa (tradução literal: "viagem académica"), só a sobreviveram a introdução e a primeira parte e até recentemente nunca tinham sido publicadas.[2] O seu texto mais conhecido, Al-Muharat,[3] também contém passagens autobiográficas. Ambos os textos são notáveis pela discussão franca do autor sobre malvadezas de crianças, os prazeres da sua vida sexual conjugal, e outros detalhes da sua vida pessoal. A obra Daliyya ("poema do elogio") dedicado ao seu xeque Maomé ibne Nácer da Zaouïa Naciria de Tamegroute é famosa tanto em Marrocos como na África Ocidental.

Al-Yusi criticou abertamente o reinado do sultão alauita Mulai Ismail em "cartas abertas", algumas das quais ainda existem atualmente.

Al-Yusi é conhecido principalmente por ter sido o fundador do culto dos Sete Santos de Marraquexe, a pedido de Moulay Ismail.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Al-Yusi, Rasa'il Abi 'Ali al Yusi (ed. Fatima Khalil Qabli), 2 vol., Ensaios de Al Yusi, 1981
  • Al-Yusi, Zahr Al-Akam, 3 vol., Provérbios e ditos famosos de al-Yusi, 1981
  • Al-Yusi, Al-Muhadarat fi al Lugha wa al Adab, (ed. Muhammad Hajji), Ensaios e reflexões por Al Yusi, 1976
  • Al-Yusi, Mashrab al-amm wa-al-khass min kalimat al-ikhlas (Silsilat al-Amal al-kamilah lil-Imam al-Hasan al-Yusi fi al-fikr al-Islami)
  • Al-Yusi, Fahrasat Al-Yusi, A 'fahrasa' (jornada académica) de Al-Yusi Al Hasan, 2004
  • Al-Faqih Abu 'Ali al Yusi Al-Mdaghri, uma biografia de al-Yusi, Abd al Kabir, 1989
  • Abun-Nasr, Jamil M. A History of the Maghrib in the Islamic Period, Cambridge University Press, 1987, ISBN 0521337674
  • Berque, Jacques, Al-Yousi: Problèmes de la Culture Marocaine au 17e Siècle, Paris, 2001 (ed. original de 1958)
  • Geertz, Clifford. Islam Observed: religious development in Morocco and Indonesia, University of Chicago Press, 1971, ISBN 0226285111, p. 29-35
  • Gellner, Ernest Muslim Society (cap. 10), Cambridge University Press, 1981
  • Ghoulaichi, Fatima Of Saints and Sharifian Kings in Morocco: Three Examples of Reimagining History through Reinventing King/Saint Relationship (tese), 2005, Chapter II "Moulay Ismail and Lyusi: The politics of baraka and sharifism", p. 18-28
  • H. Munson, Jr., "Geertz on Religion", Religion 16 (1986): 19-32
  • Honerkamp, Kenneth L. "Al-Yusi, Abu al-Hassan b. Masud" in: J. Lowry & D. Stewart (ed.) Dictionary of Literary Biography, vol. Arabic Literary Culture 1350-1830, Detroit: Thomson Gale, 2007
  • Honerkamp, Kenneth L. al-Hassan ibn Mas'ud al-YUSI, in Roger M. A. Allen, Joseph E. Lowry, Terri DeYoung, Devin J. Stewart, Essays in Arabic literary biography, vol. 2, Otto Harrassowitz Verlag, 2009, p. 410-428. No Google books. Página visitada em 4 de janeiro de 2011.
  • Kilito, Abdelfattah. "Speaking to Princes: Al-Yusi and Mawlay Ismail." In the Shadow of the Sultan, ed. Rahma Bourqia and Susan Gilson Miller. Cambridge, MA: Harvard UP, 1999. pp. 30–46. (tradução de Abdelfattah Kilito, "Parler au prince: Al-Yousi et Mawlay Ismail.")
  • Rabinow, Paul Symbolic Domination: Cultural Form and Historical Change in Morocco, University of Chicago Press, 1975

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. Abun-Nasr, p. 223
  2. Há partes selecionados citadas em Berque, 1958 e em Abd al-Kabir al-‘Alawi al-Mudghiri, Al-Faqih Abu ‘Ali al-Yusi: namudhaj min al-fikr al-maghribi fi fajr al-dawla al-‘alawiyya (Muhammadiyya, Marrocos: Mahba‘at Fahala, 1989). Ver também: al-Fahrasa, mss. in al-Khizana al-Hasaniyya nº 1183, 5470, e 5995; e ms. in al-Khizana al-‘Amma, nº 1234 K.
  3. Al-Muhaharat (Rabat: Mahbu‘at Dar al-Maghrib li-l-Ta’lif wa-l-Tarjama wa-l-Nashr, 1976)
Ícone de esboço Este artigo sobre figuras históricas de Marrocos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.