Acidente com o Shaanxi Y-8 prefixo 5820 em 2017

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção é sobre um desastre recente.
As informações apresentadas podem mudar a qualquer momento. Editado pela última vez em 17 de junho de 2017.
FireIcon.svg
Acidente com o Shaanxi Y-8 prefixo 5820 em 2017
Acidente aéreo
Aeronave semelhante a acidentada.
Sumário
Data 7 de junho de 2017 (0 mês)
Causa Sob investigação
Local Myanmar Dawei
Origem Myanmar Aeroporto de Myeik
Destino Myanmar Aeroporto de Rangum
Passageiros 108
Tripulantes 14
Mortos 122
Sobreviventes nenhum
Aeronave
Modelo China Shaanxi Y-8
Operador Myanmar Força Aérea de Myanmar
Prefixo 5820
Primeiro voo 2016

O Acidente com o Shaanxi Y-8 prefixo 5820 ocorreu no dia 7 de junho de 2017, quando uma aeronave Shaanxi Y-8 da Força Aérea de Myanmar desapareceu em um voo de Myeik para Rangum com 122 pessoas a bordo. Os restos da aeronave foram encontrados no Mar de Andamão, a 118 milhas náuticas (218 quilômetros) de Dawei por um navio da marinha de Myanmar.

Aeronave[editar | editar código-fonte]

A aeronave envolvida no acidente era um Shaanxi Y-8F-200 da Força Aérea de Myanmar,[1] número de série 5820.[2] Ela havia sido entregue em março de 2016 e tinha voado por 806 horas até o momento do acidente.[1]

O Y-8 é uma variante chinesa do Antonov An-12, fabricado na extinta União Soviética, que por sua vez sofreu vários acidentes no passado.[1] Este foi o acidente com mais mortes envolvendo este modelo de aeronave e com mais mortes na história de Myanmar.[1]

Passageiros e tripulação[editar | editar código-fonte]

O comandante Lt-Col Nyein Chan, o co-piloto Lt-Col Soe Thu Win e o engenheiro de voo Maj Thant Zin Htay pilotavam a aeronave no momento do acidente. A aeronave tinha 14 membros da tripulação.[3]

Havia 108 membros da equipe militar e suas famílias, incluindo 15 crianças, além de seis oficiais de alto escalão e outros 29 militares a bordo.[4]

Acidente[editar | editar código-fonte]

A aeronave estava voando de Myeik para Rangum.[5] Levava 14 tripulantes e 108 passageiros, que incluíam 15 crianças, 35 militares e 58 adultos civis.[6][7] Também estava transportando 2,4 toneladas de cargas. A aeronave partiu de Myeik às 13h06 UTC+6:30 (06h36 UTC).[8] Às 13h35, a comunicação foi perdida com a aeronave a uma distância de 20 milhas náuticas (37 quilômetros) a oeste de Dawei.[5] A aeronave estava voando a 18 000 pés (5 500 metros) no momento do desaparecimento. Uma operação de busca e salvamento foi lançada no Mar de Andamão.[1][9] Um porta-voz não identificado do governo disse que o tempo estava limpo no momento do desparecimento.[10] Não foi recebida nenhuma chamada de emergência da aeronave.[11]

Buscas[editar | editar código-fonte]

Nove navios da marinha de Myanmar,[12] três aviões e helicópteros militares foram enviados para ajudar na busca.[8][13] Os restos da aeronave foram encontrados a 118 milhas náuticas (218 quilômetros) de Dawei por um navio da Marinha de Myanmar.[1] Em 8 de junho, 29 corpos foram encontrados.[14][15] Os destroços foram espalhados por uma ampla área, indicando que a aeronave pode ter de despedaçado em pleno ar.[11] As tempestades na área dificultaram a busca.[16] Em 9 de junho, foi relatado que não havia sobreviventes.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f «Debris Of Myanmar Plane With Over 100 On Board Found In Sea: Reports». NDTV. Consultado em 7 de junho de 2017 
  2. MayWongCNA (7 de junho de 2017). «(untitled)» (Tweet) – via Twitter 
  3. «Three Bodies, Debris Found in Search for Missing Military Plane». The Irrawaddy News Magazine. Consultado em 8 de junho de 2017 
  4. «Three Bodies, Debris Found in Search for Missing Military Plane». The Irrawaddy News Magazine. Consultado em 8 June 2017  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. a b c «5820 Accident description». Aviation Safety Network. Consultado em 7 de junho de 2017 
  6. «Myanmar military plane carrying more than 100 people missing». Singapore: Channel News Asia. Consultado em 7 de junho de 2017 
  7. Murdoch, Lindsay (8 de junho de 2017). «Myanmar military plane believed to have crashed in country's south». Sydney Morning Herald. Consultado em 7 de junho de 2017 
  8. a b «Military aircraft with 120 people on board goes missing off Myanmar». Sky News. Consultado em 7 de junho de 2017 
  9. «Burma military plane disappears with more than 100 on board, army says». The Independent. Consultado em 7 de junho de 2017 
  10. «Debris found in hunt for missing Myanmar plane with 105 people on board». Metro. Associated Newspapers Ltd. Consultado em 7 de junho de 2017 
  11. a b «Myanmar plane: Debris and bodies found after search». BBC News Online. Consultado em 8 de junho de 2017 
  12. «Wreckage of missing Myanmar military plane found». CNN. 8 de junho de 2017. Consultado em 9 de junho de 2017 
  13. «Burmese military plane vanishes». BBC News Online. Consultado em 7 de junho de 2017 
  14. «Wreckage and bodies found in Myanmar missing plane search». Sky News. Consultado em 8 de junho de 2017 
  15. Tin Htet Paing (8 de junho de 2017). «Crashed Military Aircraft Carried 9 Officers Transferring for Medical Treatment». 8 de junho de 2017. The Irrawaddy. Consultado em 8 de junho de 2017 
  16. Htay, Hla-Hla. «Storms hinder desperate search for Myanmar plane wreck». Yahoo News. Consultado em 9 de junho de 2017