Almanaque Brasil de Cultura Popular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Almanaque Brasil de Cultura Popular O Armazém da memória nacional
Marca ostentando a palavra Brasil em multicor.
Idioma pt
País  Brasil
Assunto Cultura, Brasil
Ilustrador Elifas Andreato
Editora Andreato comunicação e cultura
Editor Elifas Andreato
Lançamento 1999

O Almanaque Brasil de Cultura Popular é um periódico brasileiro criado em 1999 por empreendimento do artista gráfico e jornalista Elifas Andreato. É veiculada nos vôos nacionais e internacionais da TAM Linhas Aéreas.[1] Em 2010 também foi incluida no Programa Mais Cultura do MinC para distribuição em sete mil pontos de cultura e leitura e em bibliotecas públicas de todo o Brasil.[2][3]

Disponibilidade no Creative Commons[editar | editar código-fonte]

A revista disponibiliza as matérias no licenciamento, ou seja, o copirraite na forma do Creative Commons, assim disponibilizando o conteúdo para uso não comercial.

Arquiteturamento da revista[3][editar | editar código-fonte]

Coleção do ano de 2005 com encadernação da TAM.
  • Carta enigmática
  • Lambe-lambe fotos que contam histórias
  • Você sabia?
  • Santos do mês
  • Reportagens
  • Curiosidades
  • Publicidades
  • Papo-cabeça
  • Ilustres Brasileiros
  • Jogos e brincadeiras
  • O teco-teco, diversão para pequenos e grandalhões
  • Viva o Brasil
  • Em se plantando, tudo dá
  • Bom humor nosso e dos leitores

Televisão[editar | editar código-fonte]

Em 2010 a TV Brasil passa a veicular o programa Almanaque Brasil, tendo programação oriunda do periódico impresso.[5]

Referências

  1. «Variedades e Traços jornalísticos no Almanaque Brasil de Cultura Popular» (PDF). Consultado em 1 de abril de 2013. 
  2. «Quem Somos». Brasil - Almanaque de Cultura Popular. Consultado em 1 de abril de 2013. 
  3. a b Almanaque Brasil de Cultura Popular, edição 119, março de 2009.
  4. Almanaque Brasil de Cultura Popular.Ano 13, edição nº 144, abril de 2011.página 4.
  5. «Almanaque na TV». 2010. Consultado em 1 de abril de 2013.