André Forastieri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
André Forastieri
André Forastieri na Comic Con Experience de 2014 em São Paulo, Brasil.
Nascimento 11 de agosto de 1965 (53 anos)
Piracicaba
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Jornalista
Página oficial
http://andreforastieri.com.br/

André Forastieri (Piracicaba, 11 de agosto de 1965[1]) é um jornalista desde 1988, empreendedor desde 1993 e crítico de cinema.

Biografia[editar | editar código-fonte]

No começo de sua carreira, André trabalhou na Folha de S.Paulo,[2] mas foi demitido em 1995 após declarar na coluna Folhateen que o país não teria jeito enquanto não baleassem Regina Casé.[3] Forastieri foi também redator da revistas SET e Bizz e em 1993 fundou a Editora Acme, cuja publicação mais conhecida foi a Revista Herói, criada no ano seguinte graças ao sucesso dos Cavaleiros do Zodíaco, a revista era co-editada pela Editora Sampa,[4] anos mais tarde a Acme mudou seu nome para Conrad Editora e foi uma das primeiras a investir pesado nos mangás.[5]

Em 2005, Forastieri deixa a Conrad e funda a Futuro Comunicação e coloca no mercado uma nova versão da "Herói",[6] numa parceria com a Ediouro surge a editora Pixel Media,[7] em 2008 a Ediouro demonstrou interesse em comprar a Conrad, no entanto, a compra não se concretizou e Forastieri vendeu os 20% que possuía da Pixel para a própria Ediouro.[7]

Em Agosto de 2007, assumiu a função de diretor editorial da Tambor Gestão de Negócios Ltda onde ficou responsável pelas revistas PC Magazine, Nintendo World, EGW e Movie, além dos sites Herói, PC Mag, Nintendo World, SMK 2.0, MSN Jogos, Bis Blog, EGW e Movie.[8] Desde Outubro de 2008, Forastieri é blogueiro do portal R7.[8]

Notas e referências

  1. «Portal dos Jornalistas: André Forastieri». Consultado em 17 de maio de 2013. Arquivado do original em 28 de março de 2013 
  2. «Bio». Andreforastieri.com.br. Consultado em 28 de junho de 2010 
  3. «Folha de S.Paulo - O caso Casé - 10/9/1995». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 11 de janeiro de 2017 
  4. Pedro Hunter (29 de Novembro de 2000). «Quadrinhos japoneses invadem as bancas tupiniquins». Omelete 
  5. Cassius Medauar e Sidney Gusman (13 de outubro de 2003). «A inesquecível experiência de editar Dragon Ball Z, o mangá mais vendido do planeta». Universo HQ. Arquivado do original em 15 de novembro de 2010 
  6. Marcelo Naranjo (18 de agosto de 2006). «Revista Herói está de volta». Universo HQ. Arquivado do original em 25 de novembro de 2010 
  7. a b Sidney Gusman (22 de setembro de 2008). «Ediouro desiste de comprar a Conrad». Universo HQ. Arquivado do original em 31 de janeiro de 2010 
  8. a b «Perfil». R7.com 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.