Andrée Crabbé Rocha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Andrée Crabbé Rocha
Nome completo Andrée Jeanne Françoise Crabbé Rocha
Nascimento 1917
Nantes, França
Morte 16 de março de 2003 (86 anos)
Coimbra, Portugal
Nacionalidade Portugal Português
Cônjuge Miguel Torga
Ocupação Ensaísta e professora universitária

Andrée Jeanne Françoise Crabbé Rocha (Nantes, 1917Coimbra, 16 de março de 2003) foi uma ensaísta e professora universitária portuguesa de origem belga. Licenciou-se na Faculdade de Filosofia e de Letras de Bruxelas e doutorou-se em Filologia Românica na Universidade de Lisboa, em 1944, com uma tese intitulada O teatro de Garrett. Interessou-se particularmente pela literatura portuguesa do século XVI, com destaque para Garcia de Resende e o seu Cancioneiro Geral, e pelo teatro de Almeida Garrett. Por razões políticas, foi expulsa do ensino universitário, em 1947, quando era assistente de Vitorino Nemésio, tendo sido readmitida somente, em 1970. Em 1974, transferiu-se para a Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Reformou-se em 1987.

Efetuou traduções para francês de textos do seu marido, Miguel Torga.

Recebeu a ordem nacional de mérito da França e era possuidora do grau de comendadora da Ordem do Infante D. Henrique (7 de fevereiro de 1987).[1]

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Aspectos do cancioneiro geral, Coimbra: Coimbra Editora, 1949.
  • A epistolografia em Portugal, Coimbra: Almedina, 1965, 2a edição Lisboa: INCM, 1985.
  • As aventuras de Anfitrião e outros estudos de teatro, Coimbra: Almedina, 1969.
  • Garcia de Resende e o cancioneiro geral, Lisboa: ICALP, 1979.

Referências

  1. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Andrée Jeanne Françoise Crabbé Rocha". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 12 de julho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.