André I de Vladimir

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Andrei Bogoliubski)
Ir para: navegação, pesquisa
Andrei Bogoliubski (André, o Pio)
Ícone de Santo André, o Pio
Veneração por Igreja Ortodoxa
Festa litúrgica 30 de junho e 4 de julho
Atribuições Vestido como grande príncipe russo, com uma cruz de três barras na mão direita
Gloriole.svg Portal dos Santos

André I (em russo: Андрей Боголюбский) ou André I, o Pio, de Vladimir, c. 1111 – 28 de junho de 1174, foi um príncipe de Vladimir-Susdália (após 1157). Era filho de João Dolgoruki, que proclamou Andrei como príncipe em Vishgorod (perto de Quieve), e de uma princesa quipchaca, filha do Epa.

Abandonou Vishgorod em 1155 e mudou-se para Vladimir. Promovendo o desenvolvimento das relações feudais, confiou no povo de Vladimir; ligou-se ao negócio comercial de Rostóvia e Susdália. Com a morte do pai em 1157 tornou-se o knyaz (príncipe) de Vladimir, Rostóvia e Susdália.

André tentou unificar as terras da Rus sob sua autoridade. A partir de 1159 persistentemente lutou pela submissão de Novogárdia Magna à sua autoridade e levou a cabo um jogo militar e diplomático complexo no sul da Rus. Em 1169 as suas tropas tomaram Quieve. Depois de saquear a cidade[1], saque esse onde se roubaram muitas obras de arte religiosas, regressou ao norte. Tal ato acentuou o declínio dessa cidade. Andrei conseguiu o direito de receber tributo da população de Dvinskaya. Ao converter-se no «governante de toda a Susdália», Andrei Bogoliubski transferiu a capital para Vladimir, fortalecendo-a, e construiu a magnífica catedral da Assunção e outras igrejas e mosteiros. Sob o seu governo Vladimir foi muito ampliada e construíram-se fortificações em redor da cidade.

Ao mesmo tempo foi construído o castelo Bogoliubovo perto de Vladimir, uma das suas residências favoritas. De facto, recebeu o nome «Bogoliubski» em homenagem a este lugar. Durante o reinado de André, o Principado de Vladimir-Susdália conseguiu um poder significativo e foi o mais forte dos principados da Rus.

O aumento da autoridade principesca e o conflito com os boiardos destacados foi a causa de um golpe contra André, em resultado do qual foi assassinado na noite de 28 para 29 de junho de 1174. Vinte dos seus súbditos entraram no seu quarto e assassinaram-no na cama. O seu machado de guerra incrustado em prata está exposto presentemente no Museu Histórico Nacional em Moscovo.

O seu filho João Bogoliubski, foi o primeiro marido da rainha Tamara da Geórgia.

Imagem do santo por Viktor Vasnetsov

Referências

  1. Russia the Great. http://russia.rin.ru/guides_e/4960.html  Em falta ou vazio |título= (ajuda)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Martin, Janet L.B. Medieval Russia, 1995
  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em espanhol, cujo título é «Andréi Bogolyubsky».

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre André I de Vladimir