Antônio de Góis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antônio de Góis Cavalcanti
Período 1935 a 1937[1]

Antônio de Góis Cavalcanti (? - ?) foi um engenheiro pernambucano e prefeito de Recife em duas administrações.

A primeira administração ocorreu entre 1922 e 1925[carece de fontes?], onde foram construídas a Praça do Derby[2] e a Praça do Entroncamento. Nessa administração também foi oficializado o hino do Recife[3].

A segunda administração foi entre 1931 e 1934[4]. Nessa administração foi construído o Mercado de Santo Amaro.

Antonio de Góis, juntamente com outros dois engenheiros pernambucanos, foi o inventor do cobogó, elemento vazado inicialmente feito com cimento.

Referências

  1. «ANTONIO DE GOIS CAVALCANTI». Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 15 de Março de 2016 
  2. «LORETO, Sérgio Teixeira Lins de Barros» (PDF). Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 15 de Março de 2016 
  3. «Símbolos Oficiais». Prefeitura do Recife. Consultado em 15 de Março de 2016 
  4. «Exposição no Museu da Cidade do Recife conta a história da capital através de mapas». Sistema Jornal do Commercio de Comunicação. 4 de Dezembro de 2014. Consultado em 15 de Março de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre um prefeito é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.