Anthony Mann

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Anthony Mann
Nascimento 30 de junho de 1906
San Diego, Estados Unidos
Nacionalidade Povo dos Estados Unidos norte-americano
Morte 29 de abril de 1967 (60 anos)
Berlim, Alemanha
Ocupação cineasta

Anthony Mann, nascido Emil Anton Bundmann, (San Diego, 30 de junho de 1906Berlim, 29 de abril de 1967) foi um actor e realizador de cinema estadunidense.

Começou a sua carreira como actor em Nova Iorque, na Broadway, onde se tornou também encenador. Em 1938, mudou-se para Hollywood, onde se juntou aos estúdios de David O. Selznick. Tornou-se assistente de realização em 1942, ao dirigir trabalhos de baixo orçamento para a RKO e para a Republic Films. Os seus primeiros filmes pertenciam ao género do film noir, como Desperate, Railroaded!, T-Men e Raw Deal. Estes filmes são, geralmente, bem considerados pelos cinéfilos da actualidade ainda que o que tenha dado fama a Mann tenham sido os seus filmes Western, principalmente um ciclo protagonizado por James Stewart, a partir da década de 1950: Winchester '73 (1950) (pt: Montana Winchester), Bend of the River (1952), The Naked Spur (1953), The Far Country e The Man from Laramie (ambos de 1955). Outro western famoso de Mann é Man of the West (1958), com Gary Cooper.

Mann é geralmente elogiado pela sensibilidade visual com que tratava a paisagem do oeste americano, dando-lhe um significado especial, ligado ao drama humana que é objecto dos seus filmes. Os temas preferidos de Mann aproximam-se dos da Tragédia Grega, envolvendo heróis angustiados tentando resolver os seus dolorosos e confusos problemas pessoais.

Na década de 1960, Mann deixou de lado os Westerns para se concentrar na realização de dois filmes épicos para o produtor Samuel Bronston: El Cid (1961) (pt: El Cid, o Campeador) - e The Fall of the Roman Empire (1964) (pt: A queda do Império Romano), exemplos notáveis da forma como Mann conseguia aliar o drama humano, numa perspectiva épica, onde a paisagem e a arquitectura estabelecem uma relação íntima com o drama das personagens.

Anthony Mann realizou a primeira hora de Spartacus, que foi terminado por Stanley Kubrick, depois de divergências com o protagonista e produtor do filme Kirk Douglas.

Foi casado com a actriz espanhola Sara Montiel, que dirigiu em Serenade (1956).

Morreu de um ataque cardíaco em 1967 em Berlim durante a rodagem do filme de espionagem A Dandy in Aspic. O filme foi, depois, terminado por Laurence Harvey, que pertencia ao casting.

Pelas suas contribuições para a indústria cinematográfica, Anthony Mann teve direito a uma estrela no Passeio da Fama, de Hollywood, em 6229 Hollywood Blvd.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.