Armador (marinha)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Armador (do italiano armatore), em marinha mercante, é o nome que se dá a pessoa ou à empresa que, por sua própria conta e risco, promove a equipagem e a exploração de navio comercial, independente de ser/estar ou não proprietário da embarcação.[1] Sua renda provêm normalmente da cobrança de frete para o transporte de cargas entre dois portos, ou da locação da embarcação a uma taxa diária/horária.

Já no campo militar, "armador" era um antigo título militar de 1490-1850 que cabia aos chefes de expedições militares, como Cristóvão Colombo, Pedro Álvares Cabral e outros navegadores no tempo das grandes navegações, quando exército e marinha tinham o mesmo papel e significado.

Tipos[editar | editar código-fonte]

Em relação à propriedade da embarcação, para o direito comercial, o armador pode ser:[2]

  • Armador-gerente-proprietário: aquele que opera navios que pertencem a vários proprietários e/ou a armação, operando em nome destes. Nesta acepção, é também chamado Caixa e/ou Fundo, desenvolvido originalmente na Inglaterra, no Brasil e em Portugal desde 1808.
  • Armador-locatário: quando opera embarcação de propriedade alheia.
  • Armador-proprietário: quando os navios pertencem ao próprio armador.

Atividades[editar | editar código-fonte]

O armador é o responsável pela contratação do capitão (ou comandante) e imediatos. A atividade, via de regra, é organizada em forma de empresa a que se dá o nome de "armadoria" (pouco usual) e/ou "armação", embora possa ser uma atividade pessoal, de fundação, de fundos de pensão ou de investimento. Suas atividades podem, ainda, ser transferidas por terceirização: neste caso, ao terceirizado, caberá a gestão técnica das embarcações.

Antonio López y López (1817-1883), armador e fundador da Companhia Transatlântica Espanhola

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 165.
  2. Dicionário Aurélio, verbetes armador, armador-gerente, armador-proprietário e armador-locatário
  • VASCONCELLOS, J.S. Princípios de Defesa Militar. Editora da Biblioteca de Marinha e Exército Brasileiro. 1939.
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.