As Diabólicas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Les Diaboliques
As diabólicas (PT/BR)
 França
1955 •  p&b •  114 min 
Direção Henri-Georges Clouzot
Roteiro Henri-Georges Clouzot
Jérôme Géronimi
Elenco Simone Signoret
Véra Clouzot
Paul Meurisse
Género Suspense
Horror
Idioma Francês
Página no IMDb (em inglês)

As Diabólicas (do original francês Les Diaboliques (Pronúncia francesa: [lɛ djaboˈlik]), é um filme francês de 1955, do gênero suspense, dirigido por Henri-Georges Clouzot e estrelado por Véra Clouzot e Simone Signoret. O roteiro é baseado no romance Celle qui n'était plus de Pierre Boileau e Thomas Narcejac.

O filme foi uma das inspirações de Hitchcock para produzir Psycho.[1] Robert Bloch, autor do romance Psycho, citou Les Diaboliques como seu filme de horror favorito.[2] Atualmente considerado um "clássico", foi classificado em 49º lugar pelo canal norte-americano Bravo em sua lista dos "100 maiores momentos assustadores dos filmes". Em 2007, foi listado como um dos 25 maiores filmes de horror, pela revista Time [3]

Uma das estrelas do filme, Véra Clouzot, morreu cinco anos depois do lançamento, acometida de um ataque cardíaco, assim como a personagem que interpretou no filme. Ela tinha 46 anos de idade e nasceu no Brasil.

Henri-Georges e Vera Clouzot em foto de 1953

Elenco[editar | editar código-fonte]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Um internato estudantil é dirigido pelo tirânico Michel Delassalle, marido da real proprietária, a frágil imigrante venezuelana Christina. Ele tem como amante a professora Nicole Horner, relação conhecida por Christina. Ao contrário do esperado, porém, as duas mulheres se tornam amigas devido aos frequentes maus-tratos e espancamentos que recebem de Delassale, e resolvem assassiná-lo. Executando um elaborado plano, o assassinato aparentemente é bem-sucedido mas, pouco depois, situações misteriosas começam a ocorrer, fazendo com que as mulheres suspeitem que Delassalle esteja vivo e que busca se vingar delas.

Refilmagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Hawkins, Joan. «"See it From the Beginning": Hitchock's Reconstruction of Film History». Framing Hitchcock: Selected Essays from the Hitchcock Annual. 382 páginas 
  2. «INTERVIEW WITH ROBERT BLOCH, Randy and Jean-Marc Lofficier». The Unofficial Robert Bloch Website. Consultado em 23 de outubro de 2010 
  3. «Diabolique, 1955 - Top 25 Horror Movies - Time». Time. 29 de outubro de 2007. Consultado em 23 de novembro de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]