As Diabólicas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Les Diaboliques
As diabólicas (PRT/BRA)
 França
1955 •  p&b •  114 min 
Direção Henri-Georges Clouzot
Roteiro Henri-Georges Clouzot
Jérôme Géronimi
Elenco Simone Signoret
Véra Clouzot
Paul Meurisse
Género Suspense
Horror
Idioma Francês
Página no IMDb (em inglês)

As Diabólicas (do original francês Les Diaboliques (pronúncia em francês: ​[lɛ djaboˈlik]), é um filme francês de 1955, do gênero suspense, dirigido por Henri-Georges Clouzot e estrelado por Véra Clouzot e Simone Signoret. O roteiro é baseado no romance Celle qui n'était plus de Pierre Boileau e Thomas Narcejac.

O filme foi uma das inspirações de Hitchcock para produzir Psycho.[1] Robert Bloch, autor do romance Psycho, citou Les Diaboliques como seu filme de horror favorito.[2] Atualmente considerado um "clássico", foi classificado em 49º lugar pelo canal norte-americano Bravo em sua lista dos "100 maiores momentos assustadores dos filmes". Em 2007, foi listado como um dos 25 maiores filmes de horror, pela revista Time [3]

Uma das estrelas do filme, Véra Clouzot, morreu cinco anos depois do lançamento, acometida de um ataque cardíaco, assim como a personagem que interpretou no filme. Ela tinha 46 anos de idade e nasceu no Brasil.

Henri-Georges e Vera Clouzot em foto de 1953

Elenco[editar | editar código-fonte]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Um internato estudantil é dirigido pelo tirânico Michel Delassalle, marido da real proprietária, a frágil imigrante venezuelana Christina. Ele tem como amante a professora Nicole Horner, relação conhecida por Christina. Ao contrário do esperado, porém, as duas mulheres se tornam amigas devido aos frequentes maus-tratos e espancamentos que recebem de Delassale, e resolvem assassiná-lo. Executando um elaborado plano, o assassinato aparentemente é bem-sucedido mas, pouco depois, situações misteriosas começam a ocorrer, fazendo com que as mulheres suspeitem que Delassalle esteja vivo e que busca se vingar delas.

Refilmagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Hawkins, Joan. «"See it From the Beginning": Hitchock's Reconstruction of Film History». Framing Hitchcock: Selected Essays from the Hitchcock Annual. 382 páginas 
  2. «INTERVIEW WITH ROBERT BLOCH, Randy and Jean-Marc Lofficier». The Unofficial Robert Bloch Website. Consultado em 23 de outubro de 2010 
  3. «Diabolique, 1955 - Top 25 Horror Movies - Time». Time. 29 de outubro de 2007. Consultado em 23 de novembro de 2009 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]