Avachinsky

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Avachinsky
Cume do Avachinsky
Avachinsky está localizado em: Rússia
Avachinsky
Avachinsky, Rússia
Coordenadas 53° 15' 18" N 158° 49' 48" E
Altitude 2741 m
Proeminência 1550 m
Listas Ultra
Localização Península de Kamchatka,  Rússia
Última erupção Outubro de 2001[1]

Avachinsky (também conhecido como Avacha ou Avachinskaya Sopka) (em russo: Авачинская сопка, Авача) é um estratovulcão ativo localizado na Península de Kamchatka no extremo leste da Rússia. É visível da capital do Krai de Kamchatka, Petropavlovsk-Kamchatsky. Junto com o vulcão vizinho Koryaksky, foi designado como um dos Vulcões da Década, vulcões identificados pela International Association of Volcanology and Chemistry of the Earth's Interior (IAVCEI) como merecedores de estudos particulares frente a sua história de grandes e destruidoras erupções e proximidade a áreas habitadas.

Sua última erupção ocorreu em 2001. Esta erupção foi pequena comparada com sua erupção de 1945, de grau 4 no Índice de Explosividade Vulcânica. O Avachinsky tem 2741 metros de altitude.[1]

História geológica[editar | editar código-fonte]

O vulcão Avachinsky pertence ao Círculo de fogo do Pacífico, no ponto que a Placa do Pacífico está a deslizar por baixo da Placa eurasiática num ritmo de 80 mm/ano. A faixa de manto residindo na zona de subducção entre as duas placas é a fonte do intenso vulcanismo na Península de Kamchatka. O vulcão é um dos mais ativos da Península, e começou sua atividade vulcânica na segunda metade do Pleistoceno. Apresenta uma caldeira vulcânica no formato duma ferradura, a qual se formou 30-40.000 anos atrás numa grande deslizamento de terra que cobriu uma área de 500 km² ao sul do vulcão, cobrindo a cidade de Petropavlovsk-Kamchatsky. A reconstrução do cone dentro da caldeira ocorreu em duas grande fases, há 18000 e há 7000 anos.[2][3][4]

Atividade recente[editar | editar código-fonte]

O vulcão Avachinsky irrompeu pelo menos 16 vezes na sua história registrada. Erupções foram geralmente explosivas, fluxo piroclástico e lahar tenderam a se dirigir para o sudoeste através da abertura da caldeira. A mais recente grande erupção (IEV=4) ocorreu em 1945, quando por volta de 0,25 km³ de magma foi liberado. O vulcão desde então teve pequenas erupções em 1991 e 2001.

O vulcão continua a gerar frequentes sismos, e muitas fumarola existem próximas ao cume. A temperatura dos gases emitidos nestas fumarolas foram medidas em mais de 400°C. Devido da sua proximidade a Petropavlovsk-Kamchatsky, Avachinsky foi designado um Vulcão da Década em 1996 como parte da Década Internacional para a Redução de Desastres Naturais, apoiada pelas Nações Unidas, conjuntamente com o vulcão vizinho Koryaksky.

Referências

  1. a b «Avachinsky». Programa Global de Vulcanismo. Smithsonian Institution. Consultado em 5 de março de 2010. 
  2. Droznin, D.; Levin, V.; Park, J.; Gordeev, E. (2002), «Detailed Mapping of Seismic Anisotropy Indicators in Southeastern Kamchatka», American Geophysical Union, Fall Meeting 2002 .
  3. Levin, V.; Park, J.; Gordeev, E.; Droznin, D. (2002), «Complex Anisotropic Structure of the Mantle Wedge Beneath Kamchatka Volcanoes», American Geophysical Union, Fall Meeting 2002 .
  4. Taran, Y. A.; Connor, C. B.; Shapar, V. N.; Ovsyannikov, A. A.; Bilichenko, A. A. (1997), «Fumarolic activity of Avachinsky and Koryaksky volcanoes, Kamchatka, from 1993 to 1994», Bulletin of Volcanology, 58 (6): 441–448, Bibcode:1997BVol...58..441T, doi:10.1007/s004450050152 .

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Avachinsky