Avenida Vereador José Diniz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Avenida Vereador José Diniz
 São Paulo,  Brasil
Nomes anteriores Avenida Conselheiro Rodrigues Alves
Início Avenida Adolfo Pinheiro
Subprefeitura(s) Santo Amaro
Distrito(s) Santo Amaro e Campo Belo
Fim Viaduto dos Bandeirantes/Avenida Ibirapuera

A Avenida Vereador José Diniz é uma avenida da cidade de São Paulo, localizada nos distritos de Santo Amaro e Campo Belo, na Zona Sul da cidade. Tem início na Avenida Adolfo Pinheiro e termina no Viaduto dos Bandeirantes, que passa por cima da avenida homônima e dá acesso à Avenida Ibirapuera, no distrito de Moema. Ela faz parte do Corredor Vereador José Diniz-Ibirapuera-Centro, inaugurado em 2008 e que liga a Zona Sul ao metrô Santa Cruz e ao centro pelo Corredor Norte-Sul, no trecho conhecido como Avenida 23 de Maio.[1]

A via leva esse nome em homenagem a José de Oliveira Almeida Diniz (1909-1973), político que exerceu várias vezes o cargo de vereador na Câmara Municipal de São Paulo.[2]

Antigamente chamada de Avenida Conselheiro Rodrigues Alves, a via teve seu nome alterado para a nomenclatura atual por meio do decreto Municipal nº 11.689 de 13 de janeiro de 1975.[2] Futuramente, ao lado da avenida estará localizada a estação Vereador José Diniz da Linha 17-Ouro do metrô, que teve sua entrega atrasada por cinco oportunidades (2016, 2017, 2019, 2020 e 2021) e atualmente tem previsão de inauguração no final de 2022.[3][4][5][6][7][8]

Referências

  1. «Corredor de ônibus é inaugurado na avenida Vereador José Diniz». Prefeitura de São Paulo. 24 de fevereiro de 2008. Consultado em 1 de agosto de 2020 
  2. a b Dicionário de Ruas. «Avenida Vereador José Diniz». Prefeitura da Cidade de São Paulo/Secretaria Municipal de Cultura/Arquivo Histórico Municipal. Consultado em 31 de julho de 2020 
  3. Russo, Rodrigo. «Governo Alckmin planeja privatização da linha 2-verde do metrô de SP». Folha Online. Consultado em 31 de julho de 2020 
  4. «Metrô e monotrilho previstos para 2014 agora vão ficar para 2017». G1. Consultado em 31 de julho de 2020 
  5. Souza, Felipe. «Previsto para Copa, monotrilho de SP não abrirá nem na Olimpíada». Folha de S.Paulo. Consultado em 31 de julho de 2020 
  6. Lobo, Renato. «Vice-governador promete monotrilho da Linha 17-Ouro para 2020». Via Trolebus. Consultado em 31 de julho de 2020 
  7. Gaffo, Fernando. «Monotrilho da Linha 17 Ouro somente em 2021». Ferroviando. Consultado em 31 de julho de 2020 
  8. «Governo planeja entregar a Linha 17-Ouro do monotrilho até o final de 2022». Rede Noticiando. Consultado em 31 de julho de 2020