Basset alemão da Vestfália

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Basset alemão da Vestfália
Nome original Westfälische dachsbracke
País de origem  Alemanha
Características
Classificação e padrões
Federação Cinológica Internacional
Grupo 6
Seção 1 - Sabujos Farejadores e Raças Semelhantes - farejadores de pequeno porte
Estalão #100 - 24 de junho de 1987

A basset alemão da Vestfália[Nota] (em alemão: Westfälische dachsbracke) é uma raça desenvolvida para caças mais lentas e próximas ao chão inspirada nos cães de pernas curtas franceses. Sua origem, embora pareça remontar à Idade Média, devido à apresentação de gruvas da época, é datada apenas de 1886, quando descrito e nomeado. Oriundo de cruzamentos entre dachshunds e sabujos com mutações genéticas que os deixavam com as pernas mais curtas, era utilizado para caçar de lebres a javalis, já que seu reduzido tamanho era vantajoso para aproximidades com as presas. Entre as principais características de sua personalidade, estão a obediência e o companheirismo, além do adestramento ser classificado como fácil.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Basset Alemão da Westfália. Sol Brilhando. Página visitada em 13 de setembro de 2010.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikipedia lexikon2.jpg   Nota linguística: Na busca pela padronização de uma nomenclatura^ e para adequar a grafia da Wikipédia às normas do português, os nomes das raças - alguns mantidos no original (Fogle (2009)) - estão grafados em iniciais minúsculas, como também visto em dicionário de Cinologia. Todavia, as entidades cinófilas - CBKC do Brasil, CPC de Portugal e FCI - possuem o padrão adotado em maiúsculas, assim como a Enciclopédia Conhecer (vol. II, p. 414).
Ícone de esboço Este artigo sobre cães, integrado ao Projeto Cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.