Batalha de Chiari

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Batalha de Chiari
Guerra da Sucessão Espanhola
Battle of Chiari, 1701.png
Batalha de Chiari por Jan van Huchtenberg
Data 1 de Setembro de 1701
Local Chiari, Lombardia, Itália
Desfecho Vitória das forças austríacas
Beligerantes
Flag of the Habsburg Monarchy.svg Monarquia de Habsburgo Royal Standard of the King of France.svg Reino de França
Bandera de España 1701-1760.svgReino de Espanha
Savoie flag.svgDucado de Saboia
Comandantes
Flag of the Habsburg Monarchy.svg Marechal Eugénio de Saboia Royal Standard of the King of France.svg Marechal Duque de Villeroi
Forças
22000 38000
Baixas
107 (36 mortos e 81 feridos) 2000-3000

A Batalha de Chiari travou-se a 1 de Setembro de 1701 entre as forças da Monarquia de Habsburgo comandadas pelo Marechal Eugénio de Saboia e as forças conjuntas do Reino de França, Reino de Espanha e Ducado de Saboia, lideradas pelo Marechal François de Neufville, Duque de Villeroi e resultou numa vitória austríaca. A Batalha de Chiari enquadra-se na Guerra de Sucessão Espanhola que se iniciara nesse mesmo ano, após a morte do rei Habsburgo Carlos II de Espanha em Novembro do ano anterior e a sua nomeação de Filipe d'Anjou como sucessor.

Leopoldo I de Habsburgo procurou então apoderar-se do Ducado de Milão (possessão espanhola desde da abdicação de Carlos Vem 1556), dando início logo em 1701 à Campanha de Itália sobre a liderança do Príncipe Eugénio. O encontro em Chiari acontece após a derrota francesa de Carpi em Junho desse ano, que levara à substituição do Marechal de La Faucounnerie por Villeroi. Este traz consigo ordens expressas de Luís XIV para expulsar as forças imperiais do Norte de Itália. Adivinhando a intenção de Villeroi de atacar a qualquer custo, o Príncipe Eugénio entrincheirou-se em frente à pequena fortaleza de Chiari e aguardou o ataque francês.

A estratégia do Príncipe Eugénio revelou-se eficaz e, numa batalha de várias horas, a forças austríacas, menos numerosas, infligiram uma pesada derrota ao exército de Villeroi. Esta segunda batalha da Campanha Italiana reforçou a posição austríaca na Lombardia. Foi de resto o sucesso inicial do avanço austríaco no Norte de Itália que logrou atrair as Potências Marítimas para a guerra. De facto, apenas alguns dias depois da vitória de Chiari, Leopoldo I convencia Guilherme III de Inglaterra a assinar o Tratado de Den Hague, marcando o início do envolvimento do Reino de Inglaterra e das Províncias Unidas no conflito.