Benedito Guimarães Aguiar Neto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Benedito Guimarães Aguiar Neto
Cidadania Brasil
Alma mater
Ocupação engenheiro, professor(a) universitário(a)
Empregador Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, Universidade Presbiteriana Mackenzie
Religião presbiterianismo

Benedito Guimarães Aguiar Neto é um engenheiro eletricista brasileiro e ex-reitor da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Em janeiro de 2020 foi nomeado presidente da Capes, sucedendo a Anderson Ribeiro Correia.[1]

Neto defende uma pseudociência chamada design inteligente como "contraponto" à teoria da evolução e também a discussão do criacionismo no ensino básico.[2][1][3][4][5]

Formação[editar | editar código-fonte]

Neto é engenheiro eletricista (1977) e mestre em engenharia (1982) pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Cursou o doutorado (1987) na Technische Universität Berlin, na Alemanha e o pós-doutorado (2008) na University of Washington, nos Estados Unidos.[2][1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Benedito foi reitor da Universidade Presbiteriana Mackenzie (2011-2020) e em janeiro de 2020, durante o governo Jair Bolsonaro, foi nomeado presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.[1][6][7][4]

Criacionismo[editar | editar código-fonte]

Neto é criacionista[4][5][8][9] e membro da Sociedade Brasileira Brasileira do Design Inteligente,[10] que propaga uma estratégia política de cariz pseudocientífico conhecida como design inteligente. Ele propõe que o design inteligente seja discutido como "contraponto" à teoria da evolução.[11][12][13]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c d Palhares, Isabela (24 de janeiro de 2019). «Reitor do Mackenzie é nomeado novo presidente da Capes». Estadão Educação. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2020 
  2. a b «Defensor do criacionismo é anunciado novo presidente da Capes». G1. 24 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 26 de janeiro de 2020 
  3. Saldaña, Paulo (24 de janeiro de 2020). «Novo presidente da Capes defende criacionismo em 'contraponto à teoria da evolução'». Folha de S.Paulo. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2020 
  4. a b c «Capes anuncia novo presidente, evangélico e defensor do criacionismo». GaúchaZH. 24 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2020 
  5. a b Aidar, Bruna; Paranhos, Thaís; Augusto, Otávio (24 de janeiro de 2020). «Novo presidente da Capes defende teoria criacionista». Metrópoles. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2020 
  6. Escobar, Herton (26 de janeiro de 2020). «Brazil's pick of a creationist to lead its higher education agency rattles scientists». Science. ISSN 0036-8075. doi:10.1126/science.abb0530 
  7. Franco, Bernardo Mello (26 de janeiro de 2020). «Criacionista na Capes reforça marcha do Brasil para o atraso». Bernardo Mello Franco - O Globo. Consultado em 27 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2020 
  8. Alfano, Bruno (24 de janeiro de 2020). «Novo presidente da Capes defende debate de criacionismo como contraponto à teoria da evolução». O Globo. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2020 
  9. «Novo presidente da Capes defende criacionismo». CartaCapital. 24 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2020 
  10. «Membros da TDI». Sociedade Brasileira do Design Inteligente. Arquivado do original em 18 de janeiro de 2019 
  11. Orsi, Carlos (25 de janeiro de 2019). «"Design inteligente" é mais do que pseudociência, é estratégia política». Instituto Questão de Ciência. Cópia arquivada em 26 de janeiro de 2020 
  12. a b Silva, Heslley Machado (1 de setembro de 2017). «Intelligent design endangers education». Science (em inglês). 357 (6354): 880.1–880. ISSN 0036-8075. doi:10.1126/science.aao3245 
  13. «Novo presidente da Capes é defensor da teoria do design inteligente, espécie de roupagem atualizada do criacionismo». www.adusp.org.br. 24 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 27 de janeiro de 2020 
  14. Escobar, Herton (25 de janeiro de 2019). «Bolsonaro's first moves have Brazilian scientists worried». Science (em inglês). 363 (6425): 330–330. ISSN 0036-8075. doi:10.1126/science.363.6425.330 
  15. Lopes, Reinaldo José (2017). «Universidade Mackenzie de SP abre centro que questiona a evolução». Folha de S.Paulo. Cópia arquivada em 26 de dezembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre engenheiro(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.