Berezniki

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rússia Berezniki

Berezniki
Березники (russo)

 
  Cidade  
Prédio da Administração da Cidade de Berezniki
Prédio da Administração da Cidade de Berezniki
Símbolos
Bandeira de Berezniki
Bandeira
Brasão de armas de Berezniki
Brasão de armas
Localização
Berezniki está localizado em: Rússia
Berezniki
Localização de Berezniki na Rússia
Mapa de Berezniki
Coordenadas 59° 25' N 56° 47' E
Administração
Prefeito Sergey Dyakov (2019)
Legislatura Duma da cidade
Características geográficas
 • Total 156 466
Informações
Outras informações
Língua oficial Russo
Website https://admbrk.ru/

Berezniki (em russo: Березники́) é uma cidade em Krai de Perm, na Rússia, localizada às margens do Rio Kama , nos Montes Urais . População: 156 466 (Censo 2010 - resultados preliminares);[1] 173 077 (Censo 2002);[2] 201 213 (Censo 1989).[3]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O nome Berezniki é derivado de uma floresta de bétulas originalmente situada na cidade.

História[editar | editar código-fonte]

Fundada em 1873[4], o status da "cidade" foi concedido a ela em 1932[4], pois sua indústria estava se expandindo rapidamente sob o governo de Joseph Stalin.

Economia e dano ambiental[editar | editar código-fonte]

Após a dissolução da União Soviética, em 1991, a população da cidade se reduziu devido ao aumento do desemprego. No entanto, a cidade ainda conseguiu manter suas principais indústrias. Grandes fábricas de produtos químicos, tais como fábricas de titânio e sódio , bem como várias grandes minas de potássio, magnésio e potassa, estão em operação em Berezniki.

Sumidouro na cidade de Berezniki, na primeira fábrica de potassa

A mina de potássio, de propriedade de Uralkali , foi a base da fortuna de Dmitry Rybolovlev, que a vendeu em 2010 para Suleyman Kerimov. As reservas da enorme mina subterrânea, a cerca de 300 metros abaixo da cidade, consistem em sal solúvel que está sendo dissolvido pela água que entra na mina. A cidade, um antigo campo de trabalho da era soviética, foi construída perto do local de trabalho, acima da mina. Vários buracos, alguns enormes, abriram-se dentro da cidade. A situação exige monitoramento 24 horas por dia. Acredita-se que o problema esteja limitado a uma pequena parte da mina que não foi preenchida adequadamente para ser limitada em seu impacto no futuro, mas a realocação da cidade em outo local está sendo considerada[5].

O maior buraco (sumidouro), chamado localmente de "O Avô", de 2012, possui aproximadamente 310 metros de largura, 390 metros de comprimento e 240 metros de profundidade[5]. Quando abriu em 2007[6], o buraco tinha inicialmente 80 metros de comprimento, 40 metros de largura e 200 metros de profundidade[7]. Ninguém ficou ferido quando o sumidouro apareceu. O sumidouro se expandiu e destruiu parte da única ferrovia, potencialmente prejudicando a economia local.

Transporte[editar | editar código-fonte]

Berezniki é servida pelo aeroporto de Berezniki, que serve principalmente helicópteros. Uma estação ferroviária está fechada, uma vez que está localizada na área do sumidouro e foi danificada. Na cidade, o serviço de transporte público é operado com trólebus.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Berezniki tem um teatro e um museu de história regional.

Todos os anos, de 17 a 20 de julho, a cidade celebra seus mosquitos em um festival anual com música, dança e uma competição da "garota mais deliciosa". Na competição, as garotas ficam por 20 minutos em seus shorts e coletes, e aquele que recebe mais mordidas ganha[8].

Pessoas notáveis[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Федеральная служба государственной статистики (Seviço Federal de Estatísticas Estatais) (2011). «Всероссийская перепись населения 2010 года. Том 1 (2010 All-russo Population Census, vol. 1)». Всероссийская перепись населения 2010 года (2010 All-Russia Population Census) (em russo). Seviço Federal de Estatísticas Estatais. Consultado em 29 de junho de 2012 
  2. Федеральная служба государственной статистики (Seviço Federal de Estatísticas Estatais) (21 de maio de 2004). «Численность населения России, субъектов Российской Федерации в составе федеральных округов, районов, городских поселений, сельских населённых пунктов – районных центров и сельских населённых пунктов с населением 3 тысячи и более человек (Population of Russia, its federal districts, federal subjects, districts, urban localities, rural localities—administrative centers, and rural localities with population of over 3,000. Всероссийская перепись населения 2002 года (All-Russia Population Census of 2002) (em russo). Seviço Federal de Estatísticas Estatais. Consultado em 9 de fevereiro de 2012 
  3. «Всесоюзная перепись населения 1989 г. Численность наличного населения союзных и автономных республик, автономных областей и округов, краёв, областей, районов, городских поселений и сёл-райцентров. (All Union Population Census of 1989. Present population of union and autonomous republics, autonomous oblasts and okrugs, krais, oblasts, districts, urban settlements, and villages serving as district administrative centers.. Всесоюзная перепись населения 1989 года (All-Union Population Census of 1989) (em russo). Demoscope Weekly (website of the Institute of Demographics of the State University—Higher School of Economics. 1989. Consultado em 9 de fevereiro de 2012 
  4. a b Энциклопедия Города России (em russo). Moscow: Большая Российская Энциклопедия. 2003. p. 46. ISBN 5-7107-7399-9 
  5. a b "A Russian City Always on the Watch Against Being Sucked Into the Earth" artigo de: Andrew E. Kramer. Jornal The New York Times, 10 de abril de 2012(em inglês)
  6. English Russia » A Giant Sinkhole
  7. Virtual Globetrotting: 2007-11-02 - Another sinkhole threatens Russia
  8. [https://www.bbc.com/news/blogs-news-from-elsewhere-33525015 "Russia: Mosquitoes honoured at annual festival "] artigo da: BBC, 14 de julho de 2015 (em inglês)