Beta Apodis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
β Apodis
Dados observacionais (J2000)
Constelação Apus
Asc. reta 16h 43m 04,7s[1]
Declinação -77° 31′ 02,8″[1]
Magnitude aparente +4,24[2]
Características
Tipo espectral K0III[1]
Cor (U-B) +0,95[2]
Cor (B-V) +1,06[2]
Astrometria
Velocidade radial -30,3 km/s[1]
Mov. próprio (AR) -282,70 mas/a[1]
Mov. próprio (DEC) -354,81 mas/a[1]
Paralaxe 20,78 ± 0,20 mas[1]
Distância 157 ± 2 anos-luz
48,1 ± 0,5 pc
Detalhes
Raio 11[3] R
Gravidade superficial 3,0 (log g)[4]
Temperatura 4 900[4] K
Metalicidade [Fe/H] –0,02[4]
Outras denominações
CP-77 1221, FK5 3319, HD 149324, HIP 81852, HR 6163, SAO 257424.[1]
Beta Apodis
Apus constellation map.png

Beta Apodis (β Aps, β Apodis) é a terceira estrela mais brilhante da constelação de Apus. Está localizada a aproximadamente 157 anos-luz (48 parsecs) da Terra, conforme determinado por medições de paralaxe.[1] Tem uma magnitude aparente de +4,24,[2] que é brilhante o bastante para poder ser vista a olho nu.

O tipo espectral de Beta Apodis é K0 III,[1] o que indica que é uma estrela gigante, que consumiu todo o hidrogênio de seu núcleo. O diâmetro angular dessa estrela é de 2,09 ± 0,11 milissegundo de arco,[5] o que significa um raio de 11 vezes o do Sol.[3] A atmosfera de Beta Apodis tem uma temperatura efetiva de cerca de 4 900 K,[4] o que dá à estrela a coloração alaranjada típica de uma estrela de classe K.[6]

Referências

  1. a b c d e f g h i j SIMBAD query result: LTT 6652. SIMBAD. Página visitada em 17 de julho de 2012.
  2. a b c d Johnson, H. L. et al. (1966), "UBVRIJKL photometry of the bright stars", Communications of the Lunar and Planetary Laboratory 4 (99), Bibcode1966CoLPL...4...99J. 
  3. a b Lang, Kenneth R. (2006), Astrophysical formulae, Astronomy and astrophysics library, 1 (3 ed.), Birkhäuser, ISBN 3-540-29692-1, http://books.google.com/books?id=OvTjLcQ4MCQC&pg=PA41 . O raio (R*) é dado por:
    \begin{align} 2\cdot R_*
 & = \frac{(48\cdot 2,09\cdot 10^{-3})\ \text{UA}}{0,0046491\ \text{AU}/R_{\bigodot}} \\
 & \approx 22\cdot R_{\bigodot}
\end{align}
  4. a b c d Jones, K. L. et al. (junho de 1992), "Spectroscopic investigation of cool giants and the authenticity of their reported microwave emission", Monthly Notices of the Royal Astronomical Society 256 (3): 535–544, Bibcode1992MNRAS.256..535J. 
  5. Richichi; Percheron, I.; Khristoforova, M. (fevereiro de 2005), "CHARM2: An updated Catalog of High Angular Resolution Measurements", Astronomy and Astrophysics 431: 773–777, doi:10.1051/0004-6361:20042039, Bibcode2005A&A...431..773R 
  6. "The Colour of Stars", Australia Telescope, Outreach and Education (Commonwealth Scientific and Industrial Research Organisation), 21 de dezembro de 2004, http://outreach.atnf.csiro.au/education/senior/astrophysics/photometry_colour.html, visitado em 16 de janeiro de 2012 
Ícone de esboço Este artigo sobre Estrelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.