Bitches Brew

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bitches Brew
Álbum de estúdio de Miles Davis
Lançamento 1970
Gravação 1969
Gênero(s)
Formato(s) LP (disco duplo)
Gravadora(s) Columbia
Produção Teo Macero
Cronologia de Miles Davis
In a Silent Way
(1969)
A Tribute to Jack Johnson
(1971)

Bitches Brew é um álbum gravado em 1969 pelo trompetista norte-americano Miles Davis e lançado em 1970 pela Columbia Records.[6]

O álbum é considerado por muitos como um dos mais revolucionários da história do jazz, e precursor do estilo jazz fusion.[7]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 5 de 5 estrelas. [8]
Robert Christgau (A-) [9]
Penguin Guide to Jazz 4 de 4 estrelas. [10]
Rolling Stone (favorable) [11][12]
Rolling Stone 5 de 5 estrelas. [13]
Time (favorable) [14]
Zagat Survey 5 de 5 estrelas. [15]
Pitchfork 9.5 de 10 estrelas. [16]
Symbol unlikely.svg Esta tabela precisa de ser acompanhada por texto em prosa. Consulte o guia.

Faixas[editar | editar código-fonte]

*Todas as composições de Miles Davis, exceto as notadas. Lado A, B, C e D na edição de lançamento em dois LPs.

Lado A

  1. "Pharaoh's Dance" (Joe Zawinul*) – 20:00

Lado B

  1. "Bitches Brew" – 26:59

Lado C

  1. "Spanish Key" – 17:29
  2. "John McLaughlin" – 4:26

Lado D

  1. "Miles Runs the Voodoo Down" – 14:04
  2. "Sanctuary" (Shorter*) – 10:52
  • Em 1999, foi lançado um versão em dois CDs contendo a faixa adicional "Feio" no CD 2:
  1. "Feio" (Shorter*) – 11:50

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Miles Davis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.