Boris Morukov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde fevereiro de 2015). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Boris Morukov

Cosmonauta da AER
Nacionalidade Rússia russo
Nascimento 01 de outubro de 1950
Moscou, URSS
hoje Rússia
Morte 01 de janeiro de 2015 (64 anos)
Tempo no espaço 11d 19h 12m
Missões STS-106
Insígnia
da missão
Sts-106-patch.png

Boris Vladimirovich Morukov (russo: Борис Владимирович Моруков) (Moscou, 1 de outubro de 1950 - 1 de janeiro de 2015[1] ) foi um médico e cosmonauta russo.[2]

Formado em medicina em 1973, ele fez um doutorado nesta área nas especializações de medicina espacial e naval e recebeu o PhD nestas áreas. Como cosmonauta-médico, recebeu treinamento médico em cardiologia, gastroenterologia, oftalmologia e ressuscitação cardiopulmonar entre 1989 e 1991. De 1990 e 1992, recebeu treinamento básico de cosmonauta no Centro de Treinamento de Cosmonautas Yuri Gagarin, na Cidade das Estrelas.

Por mais de vinte anos ele esteve envolvido em operações médicas de apoio a vôos espaciais tripulados. Entre 1979 e 1980, ele deu apoio médico às prolongadas missões espaciais russas na estação Salyut 6, como membro do Centro de Controle de Missão. Também participou de experiências médicas conjuntas russo-americanas em missões Mir-NASA dos ônibus espaciais à estação orbital Mir.

Cosmonauta[editar | editar código-fonte]

Boris Morukov foi primeiramente selecionado pelo antigo programa espacial soviético para serviço de médico-cosmonauta em 1976. Baseados em suas qualificações, o treinamento para a função lhe foi oferecido reiteradamente até aceitá-lo em 1989, completando-o em 1992.

De janeiro a julho de 1993, Morukov completou um curso científico, médico e técnico como cosmonauta-pesquisador do projeto de médicos-cosmonautas a bordo da estação Mir, durante as missões 15 e 17 da estação espacial.

De agosto de 1998 a janeiro de 1999, ele fez o curso de cirurgião de voo do Centro Espacial Lyndon Johnson em Houston, Texas.

Em setembro de 2000 ele foi finalmente ao espaço, a bordo da missão STS-106 do ônibus espacial Atlantis, que preparou a Estação Espacial Internacional para o recebimento da primeira tripulação permanente. Os cinco astronautas e dois cosmonautas a bordo descarregaram mais de duas toneladas de suprimentos na estação, e instalaram baterias, conversores de energia e um banheiro na ISS. Na missão, ele passou 11 dias e 19 horas no espaço.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Boris Morukov