Bromus rubens

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Como ler uma infocaixa de taxonomiaBromus rubens
Bromus rubens M 1.jpg
Classificação científica
Reino: Plantae
Clado: angiospérmicas
Clado: monocotiledóneas
Ordem: Poales
Família: Poaceae
Género: Bromus
Espécie: B. rubens
Nome binomial
Bromus rubens
L.

Bromus rubens é uma espécie de planta com flor pertencente à família Poaceae.

A autoridade científica da espécie é L., tendo sido publicada em Centuria I. Plantarum...5. 1755.[1][2][3]

Os seus nomes comuns são bromo-avermelhado ou espadana-pequena.[4]


Etimologia[editar | editar código-fonte]

Bromus: nome genérico que deriva do grego bromos = (aveia), ou de broma = (alimento).[5]

rubens: epíteto em latim que significa "de cor vermelha"[6]

Citologia[editar | editar código-fonte]

O número de cromossomas de Bromus rubens (Fam. Gramineae) e táxones infraespecíficos é 2n=28[7]

Portugal[editar | editar código-fonte]

Trata-se de uma espécie presente no território português, nomeadamente em Portugal Continental e no Arquipélago da Madeira.

Em termos de naturalidade é nativa das duas regiões atrás indicadas.

Existe registo de ser uma espécie introduzida no Arquipélago dos Açores, nomeadamente na Ilha Terceira e na Ilha de São Miguel.[8]

Protecção[editar | editar código-fonte]

Não se encontra protegida por legislação portuguesa ou da Comunidade Europeia.

Sinonímia[editar | editar código-fonte]

Possui um homónimo, Bromus rubens Delile[11]

Referências

  1. Tropicos.org. Missouri Botanical Garden. 7 de Outubro de 2014 <http://www.tropicos.org/Name/25510825>
  2. «Bromus rubens». www.ipni.org  - International Plant Names Index
  3. «Bromus rubens». www.botanicus.org  - Centuria I. Plantarum...5. 1755
  4. «Bromus rubens». jb.utad.pt  - Flora Digital de Portugal. jb.utad.pt/flora.
  5. (em inglês) Watson L, Dallwitz MJ. (2008). «The grass genera of the world: descriptions, illustrations, identification, and information retrieval; including synonyms, morphology, anatomy, physiology, phytochemistry, cytology, classification, pathogens, world and local distribution, and references». The Grass Genera of the World. Consultado em 19 de agosto de 2009 
  6. «Dicionário de epítetos botânicos». www.winternet.com 
  7. Aspectos anatómicos de la epidermis de algunas especies de Bromus L. y su cariología. Sánchez Anta, M. A., F. Gallego Martín & F. Navarro Andrés (1988) Acta Bot. Barcinon. 37: 335-344
  8. SILVA, L., N. PINTO, B. PRESS, F. RUMSAY, M. CARINE, S. HENDERSON & E. SJÖGREN, 2005. Lista das plantas vasculares (Pteridophyta e Spermatophyta). In: Borges, P.A.V., R. Cunha, R. Gabriel, A.F. Martins, L. Silva & V. Vieira (eds.) A list of the terrestrial fauna (Mollusca and Arthropoda) and flora (Bryophyta, Pteridophyta and Spermatophyta) from the Azores, 131-155. Direcção Regional do Ambiente and Universidade dos Açores, Horta, Angra do Heroísmo and Ponta Delgada
  9. «Bromus rubens PlantList». www.theplantlist.org 
  10. «Bromus rubens». World Checklist of Selected Plant Families. Consultado em 12 de outubro de 2013 
  11. Description de l'Égypte,...Histoire Naturelle, Tom. Second 2: 52. 1813.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre plantas é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.