Cabanas (Galiza)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Espanha Cabanas

Cabañas

 
  Município  
Cabanas.Galiza.052b.jpg
Símbolos
Brasão de armas de Cabanas
Brasão de armas
Gentílico Cabanés
Localização
Cabanas está localizado em: Espanha
Cabanas
Localização de Cabanas na Espanha
Coordenadas 43° 25' 19" N 8° 09' 50" O
País Espanha
Comunidade autónoma Galiza
Província Corunha
História
Fundação século XI
Características geográficas
Área total 30,2 km²
População total (2019) [1] 3 281 hab.
Densidade 108,6 hab./km²
Código postal 15621
Código do INE 15015
Website cabanas.gal
Localização de Cabanas

Cabanas (em castelhano; Cabañas) é um concelho da Província da Corunha, na Galiza, de área 30,2 km² com população de 3272 habitantes (2007) e densidade populacional de 108,34 hab./km².[2] Pertence à Comarca do Eume. O topónimo Cabanas é muito antigo aparece documentado pela primeira vez em 1037[3]

... la raiz del toponimo "Cabanas" (Piel 1989, p. 79) es una voz celtica que luego passa al latin, y asi ha llegado hasta la actualidad como nombre comun, lo que no implica que dicho topónimo "Cabanas" existiese ya en epoca prerromana.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Variação demográfica do município entre 1991 e 2004
1991 1996 2001 2004
3074 3226 3354 3368

Descrição geográfica[editar | editar código-fonte]

O concelho de Cabanas está situado na faixa costeira de Galiza, ao nordeste da província da Corunha. É o único concelho incluído integramente na denominada ria de Ares. Pertence à comarca do Eume, limita com os municípios de Fene, Pontedeume, Capela e Monfero. A geomorfologia define-se pela transição entre a faixa costeira e as superfícies de aplanamento inferior. Fronte a unha paisagem de praias, falésias e marisma está o profundo vale do rio Eume, que percorre o sul do município, e ao leste, as elevações da Serra, que servem de limite com A Capela.

O acesso principal de Cabanas é a través da estrada Nacional VI no seu tramo Betanzos-Ferrol. A vila de Cabanas está a 82 quilómetros de Santiago de Compostela, a 37 da Corunha e a 15 de Ferrol. Do cruzamento de Cardeita partem a estrada AC-122 em direção a Limodre, Redes, Ares e Mugardos e a AC-141 até a Capela e as Pontes.

História[editar | editar código-fonte]

O atual território de Cabanas repartia-se antigamente entre as jurisdições de Caaveiro, Santiago, Monfero, Pontedeume e Betanzos. Entre 1821 e 1822 há novas da existência dum município constitucional em Sam Martinho de Porto. Em 1833 realiza-se a atual divisão de Galiza, com o qual a província de Betanzos é integrada na da Corunha.

No âmbito judicial, em 1820 as sete paróquias que atualmente formam o concelho de Cabanas aparecem incluídas dentro do partido de Pontedeume, ao que permanecem até 1867. Trás um breve período de tempo no que se incluem na jurisdição de Ferrol, volvem a pertencer a Pontedeume até que, em 1965, definitivamente passam à jurisdição de Ferrol.

A cultura megalítica está representada por 29 túmulos distribuídos na zona centro-oriental de Cabanas, destaca a necrópole de Monte dos Golpes e Monte Pungeiro, com 21 monumentos funerários. Também há manifestações da cultura castreja reflectidas em três castros: o castro de Piñeiros, em Sam Vicente de Regoela; o monte Castro, em Iris e o castro das Módias, em Sam Martinho de Porto.

Referências

  1. «Cifras oficiales de población de los municipios españoles: Revisión del Padrón Municipal» (ZIP). www.ine.es (em espanhol). Instituto Nacional de Estatística de Espanha. Consultado em 26 de agosto de 2020 
  2. «Censo 2011». Instituto Nacional de Estatística (Espanha) 
  3. José Carlos Sánchez Pardo (2008). Territorio y poblamiento en Galicia entre la antigüedad y la plena Edad Media. [S.l.]: Univ Santiago de Compostela. pp. 76–. GGKEY:58DJ4YTTY23. Consultado em 10 de julho de 2018 
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Cabanas (Galiza)
Ícone de esboço Este artigo sobre Municípios da Espanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.