Candelaria barbouri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Como ler uma infocaixa de taxonomiaCandelaria barbouri
Ocorrência: Triássico Médio
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Sauropsida
Subclasse: Parareptilia
Ordem: Procolophonomorpha
Subordem: Procolophon
Família: Owenettidae
Espécie: Candelaria barbouri

Candelaria barbouri foi o primeiro procolofonóide descoberto na cidade de Candelária, por Llewellyn Ivor Price em 1946. Tinha aproximadamente 40 centímetros e viveu no Ladiniano no Triássico Médio, aproximadamente a 235 milhões de anos atrás. Era originalmente considerado como um táxon irmão do Owenetta e Sauropareion. No entanto, estes táxons não são táxons irmãos de Procolophon e Anthodon, como originalmente relatado.

Diferente de Owenetta, o crânio da Candelaria tem uma nova e autapomórficos fenestra temporal lateral superior que no Paliguana se funde com a ventral fenestra temporal lateral. Além disso, Paliguana tem uma fenestra temporal superior, assim Candelaria fornece informações sobre a sequência dos eventos morfológicos com a redução no osso temporal. No Candelaria barbouri o recuo posterior do crânio é reduzida e a jugal é mais robusta.

Referências[editar | editar código-fonte]