Capela de Nossa Senhora do Baluarte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Capela de Nossa Senhora do Baluarte
Nossa Senhora do Baluarte.jpg
Apresentação
Tipo
Estilo
Estatuto patrimonial
Parte do Património Mundial (d)
Património de Influência Portuguesa (d)Visualizar e editar dados no Wikidata
Localização
Endereço
Coordenadas

A Capela de Nossa Senhora do Baluarte localiza-se na na extremidade norte da ilha de Moçambique e cidade de mesmo nome, na província de Nampula, em Moçambique.

História[editar | editar código-fonte]

Foi erguida em 1522 pelos homens da Armada de D. Pedro de Castro que ali fizeram escala a caminho da Índia, os mesmos que efetuaram o primeiro ataque português ao estabelecimento Swahili no arquipélago das Quirimbas, de onde foram rechaçados.

A ermida é de estilo manuelino, com uma abóbada imperfeita de dois fechos, creditada possívelmente à inexperiência dos construtores. Na sua construção foram empregadas cantaria e elementos decorativos trazidos do Reino, certamente destinados à India. Foi erguida sobre uma estrutura já existente no local, uma bateria de artilharia, o que conferiu características pouco comuns ao edifício. Recebeu posteriormente, acredita-se que durante o século XVII, um alpendre como o das igrejas portuguesas da Índia.

Actualmente encontra-se dentro do perímetro da Fortaleza de São Sebastião, constituindo-se no único exemplar de arquitectura em estilo manuelino no país.

Considerada como a edificação colonial mais antiga de toda a costa do Índico, foi restaurada em 1996 com fundos da Comissão Nacional para os Descobrimentos de Portugal.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Capela de Nossa Senhora do Baluarte
Ícone de esboço Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.