Carícias Malícias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Carícias Malícias
Álbum ao vivo de Mão Morta
Lançamento 2003
Gravação Auditório da RDP, Lisboa Portugal Portugal
Gênero(s) Rock
Idioma(s) português
Formato(s) CD
Gravadora(s) Cobra
Produção Nelson Carvalho
Cronologia de Mão Morta
Ao Vivo na Aula Magna
(2002)
Nus
(2004)

Carícias Malícias é o décimo primeiro álbum do grupo português Mão Morta, lançado em 2003. Gravado ao vivo no Auditório da RDP.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

O título é retirado de uma canção do primeiro álbum, que deu nome à tour com que o grupo pretendeu revitalizar o circuito de clubes e pequenas salas. Editado em CD, em 19 de Maio de 2003, pela editora independente Cobra, com a referência CBR0304001CD. É o primeiro lançamento da editora, criada no seio da banda.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. Ventos Animais (Zé dos Eclipses / Carlos Fortes)
  2. Berlim (Morreu a Nove) (Adolfo Luxúria Canibal / Carlos Fortes)
  3. E Se Depois (Zé dos Eclipses / Zé dos Eclipses, Miguel Pedro)
  4. Charles Manson (Adolfo Luxúria Canibal / Carlos Fortes, Zé dos Eclipses)
  5. Em Directo (Para a Teelvisão) (Adolfo Luxúria Canibal / Miguel Pedro)
  6. Velocidade Escaldante (Adolfo Luxúria Canibal / Carlos Fortes)
  7. Tu Disseste (Adolfo Luxúria Canibal / Miguel Pedro)
  8. Véus Caídos (Zé dos Eclipses / Zé dos Eclipses)
  9. Barcelona (Encontrei-a na Plaza Real) (Adolfo Luxúria Canibal / Carlos Fortes)
  10. Vamos Fugir (Adolfo Luxúria Canibal / António Rafael)
  11. Cão da Morte (Adolfo Luxúria Canibal / Miguel Pedro)
  12. Lisboa (Por Entre as Sombras e o Lixo) (Adolfo Luxúria Canibal / Carlos Fortes)
  13. Anarquista Duval (Adolfo Luxúria Canibal / Carlos Fortes, Zé dos Eclipses)
  14. 1.º de Novembro (Adolfo Luxúria Canibal / Miguel Pedro)
  15. Escravos do Desejo (Adolfo Luxúria Canibal / Carlos Fortes)
  16. Quero Morder-te as Mãos (Adolfo Luxúria Canibal / Carlos Fortes)

Ficha Técnica[editar | editar código-fonte]

Adolfo Luxúria Canibal – voz / Miguel Pedro – bateria, programações / António Rafael – guitarra, teclas / Sapo – guitarra / Vasco Vaz – guitarra / Joana Longobardi – baixo.

Gravado ao vivo em 7 de Fevereiro de 2003 por Nelson Carvalho no Auditório da RDP – Lisboa e misturado em Março de 2003 por Nelson Carvalho no Estúdio MB – Vila Nova de Gaia. Produção de Nelson Carvalho.

Capa de Andreia Alves Mendes sobre fotografia de Pedro Matxira.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Mão Morta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.