Carlos Augusto Viana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Carlos Augusto Viana
Nascimento 22 de março de 1955
Fortaleza
Cidadania Brasil
Alma mater
Ocupação jornalista, escritor, poeta
Prêmios
Empregador Universidade Federal do Ceará, Diário do Nordeste

Carlos Augusto Pereira Viana (Fortaleza - 22 de março de 1955) é um poeta, ensaísta e jornalista brasileiro, ocupa a cadeira nº 3 da Academia Cearense de Letras.[1][2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Possui graduação em Comunicação Social pela Universidade Federal do Ceará, Mestrado Acadêmico em Letras pela Universidade Federal do Ceará e Doutorado em Educação (Núcleo de História e Memória da Educação, com tese sobre o poeta Antonio Girão Barroso) pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira da Universidade Federal do Ceará,

Atualmente é professor Ajunto do Departamento de Letras da Universidade Estadual do Ceará. Tem experiência na área de Jornalismo Cultural e esportivo e em Letras, com ênfase em Literatura Brasileira.

Como jornalista, trabalhou por 30 anos, no Diário do Nordeste. É membro da Academia Cearense de Letras e foi vencedor do Prêmio Osmundo Pontes, na categoria poesia, pelo livro A Báscula do Desejo, em 2003. A obra poética Côdeas, foi vencedora do prêmio Unifor de Literatura e como premiação traduzido e apresentado como livro inédito de poesias no congresso nacional americano.[3][4] Em 2018, concorreu ao prêmio Osmundo Pontes, na categoria ensaio, com o livro " A literatura Cearense através de ensaios". tendo sido vencedor.

É, também, membro da Academia de Letras e Artes do Nordeste - Núcleo Fortaleza e membro honorário da Academia Cearense de Médicos Escritores.

O poeta é filho de Carlos Alberto Vieira Viana e Maria Leirice Pereira Viana. Tem por companheira, desde 1986, a psicanalista e professora da UFC, Laéria Bezerra Fontenele.


Obras[editar | editar código-fonte]

  • Primavera Empalhada, (1982),[5]
  • Inscrições dos Lábios, (2002),
  • Drummond: A Insone Arquitetura, (2003),[6]
  • A Báscula do Desejo, (2005),[7]
  • Côdeas, (2007),
  • A literatura Cearense através de ensaios (2018)

Referências

  1. «Carlos Augusto Viana lança "A Literatura Cearense Através de Ensaios" | ROTEIRO FORTAL». ROTEIRO FORTAL. 23 de maio de 2018 
  2. Feitosa, Soares. «Jornal de Poesia - Carlos Augusto Viana». www.jornaldepoesia.jor.br. Consultado em 8 de outubro de 2018 
  3. «Carlos Augusto Viana». Diário do Nordeste 
  4. Marques, Rodrigo (23 de julho de 2018). Literatura cearense : outra história. [S.l.]: Editora Dummar. ISBN 9788567333427 
  5. Viana, Carlos Augusto (1982). Primavera empalhada. [S.l.]: Nação Cariri Editora 
  6. Viana, Carlos Augusto (2003). Drummond, a insone arquitetura. [S.l.]: Editora UFC. ISBN 9788572821285 
  7. Viana, Carlos Augusto (2004). A báscula do desejo. [S.l.]: Editora UFC. ISBN 9788572821537 
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.