Carlos Jayme

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carlos Jayme
Swimming pictogram.svg Natação Swimming pictogram.svg
Nome completo Carlos Alberto Borges Jayme
Estilo Natação (4x100m livres e 4x200m livres)
Nascimento 13 de junho de 1980 (37 anos)[1]
Goiânia,  Goiás[1]
Nacionalidade brasileira
Compleição Peso: 90 kg[1] Altura: 1,90m[1]
Clube Esporte Clube Pinheiros
Medalhas
Jogos Olímpicos
Bronze Sydney 2000 4x100 metros livres
Jogos Pan-Americanos
Ouro Santo Domingo 2003 4x100 metros livres
Prata Santo Domingo 2003 4x200 metros livres

Carlos Alberto Borges Jayme (Goiânia, 13 de junho de 1980) é um nadador brasileiro.[1]

Cursou a Universidade da Flórida, a qual representou em campeonatos universitários, sendo destaque em muitos destes. Reside em Gainesville, desde então.[2]

Trajetória esportiva[editar | editar código-fonte]

Carlos Alberto Borges Jayme começou a nadar com oito anos e, na mesma época, já ganhava as provas da categoria mirim.[2] Foi campeão e recordista brasileiro em todas as categorias de 1993 a 1997[2] e, nesses mesmos campeonatos, recebeu o troféu de melhor índice técnico. Foi campeão e recordista sul-americano em 1995 e 1997,[2] recebendo o troféu de melhor índice técnico e o Troféu El Delfin. Foi primeiro lugar no ranking mundial juvenil de 1995.

O final de 1998 ficou marcado pela terceira quebra consecutiva do recorde mundial dos 4x100 metros livre em piscina curta, pelo revezamento brasileiro. Em 20 de dezembro, logo após o encerramento do Troféu José Finkel, o quarteto formado por Fernando Scherer, Carlos Jayme, Alexandre Massura e Gustavo Borges, nesta ordem, caíram na piscina do Club de Regatas Vasco da Gama e conseguiram a marca de 3m10s45, que só seria batida no ano 2000 pela equipe da Suécia.[3][4][5]

Foi aos Jogos Olímpicos de Verão de 2000 em Sydney,[2] quando conquistou, junto com Edvaldo Valério, Gustavo Borges e Fernando Scherer, a medalha de bronze no revezamento 4x100 metros nado livre, com a marca de 3min17s40. A Austrália bateu o recorde mundial e levou o ouro com o tempo de 3min13s67.[1]

No Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta de 2002 em Moscou, foi à final dos 4x100 metros livre, ficando em quinto lugar,[6] e foi à semifinal dos 100 metros livre, terminando em 13º lugar.[7]

Esteve no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2003 em Barcelona, onde ficou em 12º nos 4 x 100 metros livre[8] e nono nos 4x200 metros livre.[9]

Nos Jogos Pan-Americanos de 2003 em Santo Domingo, ganhou medalha de ouro nos 4x100 metros nado livre e medalha de prata no revezamento 4x200 metros nado livre.[10][2]

Também esteve nos Jogos Olímpicos de Verão de 2004 em Atenas,[2] onde ficou em nono lugar no 4x200 metros livre, e 12º nos 4x100 metros livre.[1]

Ganhou várias medalhas em Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos.

Referências

  1. a b c d e f g «Dados de Carlos Jayme». SportsReference. 2012. Consultado em 12 de maio de 2012 
  2. a b c d e f g Olimpianos - Atletas Olímpicos Brasileiros: CARLOS JAYME Acessado em 11 de fevereiro de 2017
  3. «História de Gustavo Borges». Gustavo Borges-Site Oficial. 2012. Consultado em 2 de maio de 2012 
  4. «Em 1998, brasileiros batem recorde mundial do revezamento 4x100 nado livre masculino». Globoesporte. 21 de dezembro de 1998. Consultado em 2 de maio de 2012 
  5. «Recorde de Rebeca é homologado». CBDA. 22 de agosto de 2001. Consultado em 31 de março de 2013 
  6. «Resultados dos 4x100m livres no Mundial de Moscou 2002». OmegaTiming. 3 de abril de 2002. Consultado em 2 de abril de 2013 
  7. «Resultados dos 100m livres no Mundial de Moscou 2002». OmegaTiming. 6 de abril de 2002. Consultado em 2 de abril de 2013 
  8. «Resultados dos 4x100m livres no Mundial de Barcelona 2003». OmegaTiming. 20 de julho de 2003. Consultado em 2 de abril de 2013 
  9. «Resultados dos 4x200m livres no Mundial de Barcelona 2003». OmegaTiming. 23 de julho de 2003. Consultado em 2 de abril de 2013 
  10. «Medalhas no Brasil no Pan de 2003». UOL. 2007. Consultado em 12 de maio de 2012 
Recordes
Precedido por
Detentor do recorde mundial
4x100 metros livre (piscina curta)

20 de dezembro de 1998 — 16 de março de 2000
Sucedido por
Suécia Suécia