Carlos José de Arruda Botelho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Carlos José de Arruda Botelho mais conhecido como Carlos Botelho (Piracicaba, 14 de maio de 1855 - São Carlos, 20 de março de 1947), foi um médico, político, agricultor e colonizador brasileiro, primogênito de Antônio Carlos Botelho, o Conde do Pinhal.

Começou seus primeiros estudos no tradicional Colégio de Itu, dos jesuítas, em 1867. Nesse ano mudou-se para o Rio de Janeiro onde continuou os seus estudos cursando até o 2º ano da Faculdade de Medicina. Em 1875 viajou para a França, matriculando-se no 3º ano da Faculdade de Medicina de Paris, onde recebeu o grau de Doutor em Medicina, no ano de 1878, tendo-se especializado em cirurgia. Pouco depois de seu regresso da França, casou-se no Rio de Janeiro com Constança de Brito Souza Filgueiras.

No governo de Jorge Tibiriçá, Presidente do Estado de São Paulo de 1904 a 1908, ocupou a pasta da Secretaria da Agricultura, que então compreendia também as de Comércio, Obras Públicas, Viação, Navegação e Iluminação.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Carlos Botelho (biografia)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.