Carlos Savalla

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Carlos Savalla
Carlos Savalla, 2013
Nome completo Carlos Henrique de Abreu Savalla
Conhecido(a) por Savalla
Nascimento 6 de fevereiro de 1958 (64 anos)
São Paulo, São Paulo, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Produtor, Pesquisador, Colecionador, Técnico e Engenheiro de Som
Período de atividade 1972 - atualmente
Prêmios Rio WebFest - Melhor Design de Som (2018)

Rio WebFest - Melhor Design de Som (2021)

Página oficial
www.savallarecords.com.br

Carlos Henrique de Abreu Savalla (São Paulo, 6 de fevereiro de 1958) é um engenheiro de som, técnico de som, pesquisador musical, colecionador de discos e produtor musical brasileiro. Trabalhou como técnico de som e produtor musical em gravação dos discos de Djavan, Erasmo Carlos, Legião Urbana, Os Paralamas do Sucesso, Pato Fu, Roupa Nova entre outros.[1]

Trabalhou fazendo seleção de repertório (entre outros projetos) para as principais gravadoras internacionais e nacionais como Warner, Sony, Universal, Som Livre entre outras. Entre suas produções musicais, Carlos Savalla soma um total de 8 discos de Ouro, 6 discos de Platina, 3 discos de Platina Duplo e 1 disco de Platina Triplo.

É proprietário, desde 1998, do selo Savalla Records (finalista do Prêmio Profissionais da Música 2019), através do qual produziu os discos infantis “Estrelinhas” (1998), “Arco-íris” (1999), “Beija-flor” (2002), Hora de Dormir (2007) e Hora de Dormir 2 (2017) discos instrumentais “Em movimento” (2001) e “Caminho das bandeiras” (2002), ambos de Luiz Avellar entre muitos outros. Possui em seu acervo mais de 50.000 exemplares entre CDs, DVDs, Blu-Rays e LPs.

De 2012 à 2016 criou uma web rádio independente chamada Rádio Na Varanda que contava com programas de amigos como Renato Ladeira.

Projeto Registros[editar | editar código-fonte]

Projeto Registros

Em 2016, junto com seu filho Pablo Savalla, começou o Projeto Registros no YouTube. O projeto é dedicado a mostrar a boa música brasileira que existe longe da grande mídia, trazendo oportunidades de visualização para os artistas que não tem aonde mostrar seu trabalho. De forma independente o projeto proporciona ao artista um registro audiovisual das suas apresentações ao vivo no YouTube e em todas as plataformas digitais gratuitamente. Hoje o projeto possui mais de 140 artistas e indicações a prêmios. Carlos Savalla ganhou em 2018 o prêmio de Melhor Design de Som no Festival Internacional Rio WebFest.

  • Festival Interacional Rio WebFest 2017 - Indicado a Melhor Série de Variedades
  • Festival Interacional Rio WebFest 2018 - Indicado a Melhor Série de Variedades
  • Festival Internacional Rio WebFest 2018 - Premiado Melhor Design de Som
  • Festival Internacional Rio WebFest 2019 - Indicado Melhor Design de Som
  • Prêmio Profissionais da Música 2019 - Finalista Melhor Projeto Cultural
  • Festival Internacional Rio WebFest 2020 - Indicado Melhor Design de Som
  • Festival Internacional Rio WebFest 2021 - Indicado Melhor Design de Som
  • Festival Interacional Rio WebFest 2021 - Indicado a Melhor Série de Variedades

Músicas & Histórias[editar | editar código-fonte]

Em 2020, durante a pandemia, Carlos Savalla começou a fazer lives em seu Instagram, convidando amigos e artistas onde juntos, contam histórias de sua longa trajetória no meio musical com o objetivo de mostrar as histórias da Música, do Áudio e da Indústria Fonográfica. Dentre esses amigos estão grandes nomes da indústria e da música brasileira como Max Pierre, John Ulhoa, João Barone, Guta Braga, Arthur Fitzgibbon, Marcelo Sussekind, Davi Moraes entre outros. As lives se transformaram em podcasts e lhe rendeu uma indicação ao Festival Internacional Rio WebFest na categoria de Melhor Podcast.

Documentários[editar | editar código-fonte]

Em 2021, Carlos Savalla começou a participar de produção de documentários para o Sesc 24 de Maio trabalhando com som direto, mixagem e produção musical nas webséries "Moraes para sempre Moreira" com Davi Moraes (indicada ao Rio WebFest como Melhor Documentário e premiada na categoria de Melhor Design de Som) e "Aos Mestres, com Carinho" com Zé Renato.

Produtor Musical[editar | editar código-fonte]

  • Herberto Filho - Paladar (1981)
  • Legião Urbana - Dois (1986) - creditado como Técnico de Som
  • Paralamas Do Sucesso - Bora-Bora (1988)
  • Paralamas Do Sucesso - Big Bang (1989)
  • Paralamas Do Sucesso - Arquivo (1990)
  • Paralamas Do Sucesso - Os Grãos (1991)
  • Paralamas Do Sucesso - Paralamas 1991)
  • Herbert Vianna - Ê Batumaré (1992)
  • Fausto Fawcett e Falange Moulin Rouge - Básico Instinto (1993)
  • Desordem Pública - Canto Popular De La Vida Y Muerte (1994)
  • Professor Antena - Professor Antena (1994)
  • Pato Fu - Gol De Quem? (1994)
  • Paralamas Do Sucesso - Vamo Batê Lata (1995)
  • Sex Beatles 2 - Mondo Passionale (1995)
  • Paralamas Do Sucesso - Nove Luas (1996)
  • Suínos Tesudos - Suínos Tesudos (1996)
  • Manimal - Manimal (1997)
  • Strauss - Mesmo Que Eu Tente Sorrir... (1997)
  • Faróis Acessos - O Nome Eu Não Me Lembro (1997)
  • Jamil E Uma Noites - Tanta Coisa Mudou (1997)
  • Herbert Vianna - Santorini Blues (1997)
  • Vários Artistas - Estrelinhas (1997)
  • Luiz Avellar - Em Movimento (1998)
  • Vários Artistas - Arco-Íris (1999)
  • Luiz Avellar - Caminho Das Bandeiras (2001)
  • Paula Dos Anjos - O Pop Pantaneiro Em Aquarelas (2003)
  • Silvério Pontes - Brazilian Trumpet (2003)
  • Zé Carlos Bigorna - Flute From Brazil (2003)
  • Roberto Nunes & Charles da Costa - MPB Unplugged (2003)
  • Luiz Avellar - Piano In Brazil (2003)
  • Zé Carlos Bigorna - Sax Brazil (2003)
  • Os Bigornas - Os Bigornas (2005)
  • Bois de Gerião - Nunca Mais Monotonia (2006)
  • Vários Artistas - Beija Flor (2007)
  • Fernando Maia - Pra Lua Escutar (2007)
  • Raquel Durães - Hora De Dormir (2007) - Indicado ao Grammy Latino 2008
  • Luciana Pires - Deixe Com O Destino (2010)
  • Raquel Durães - Hora De Dormir 2 (2017)
  • Paralamas Do Sucesso - Natal dos Paralamas (2018)
  • Marilia Barbosa - Em Cena (2020)
  • Davi Moraes - Moraes para sempre Moreira (2021)
  • Davi Moraes - Pelo Celular (2021)
  • Zé Renato - Aos Mestres, Com Carinho (2021)

Referências

2. Rio WebFest https://oglobo.globo.com/rio/bairros/rio-webfest-tera-exibicoes-gratuitas-de-mais-de-200-webseries-22056776

3. http://www.riowebfest.net/pt-br/#winners

4. https://br.linkedin.com/in/savalla

Ícone de esboço Este artigo sobre um músico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.