Carmiña, flor de Galicia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Carmiña, flor de Galicia
Flag of Spain.svg Espanha
1926 •  p&b •  125 min 
Realização Rino Lupo
Produção Juventino Garrido
Argumento Antonio Rey Soto
Género comédia
Música Santos Rodríguez Gómez
Queixume dos Pinos
Cinematografia Antonio Vistarini
Lançamento Espanha 28 de outubro de 1926
Galiza 17 de fevereiro de 1927
Idioma mudo

Carmiña, flor de Galicia é um filme mudo espanhol do género comédia, realizado por Rino Lupo e escrito por Antonio Rey Soto no ano de 1926.[1] Estreou-se em Madrid a 28 de outubro de 1926[2] e no Teatro Rosalía de Castro em Vigo a 17 de fevereiro de 1927. A música, baseada nos ventos galegos, foi arranjada para a ocasião pelo compositor Santos Rodríguez Gómez e interpretada sob sua direção, pelo coro Queixume dos Pinos.[3]

Os exteriores foram filmados em Vigo, Mondariz e noutras localidades de Pontevedra, e na Santa Maria da Feira em Portugal. Os interiores foram filmados no estúdio Invicta Film do Porto. A publicidade do filme na Galiza foi feita em língua galega.[4]

Argumento[editar | editar código-fonte]

O filme é um melodrama do ambiente galego contemporâneo, protagonizado por Carmiña que se vê abandonada, após ir a cidade, acompanhando seu pretendente, um conde. Desesperada, a protagonista decide suicidar-se, mas o seu antigo namorado a salva da morte, e o conde finalmente arrependido volta com ela. Numa história paralela contada numa lenda medieval por meio de uma analepse, um rapaz assassina o seu senhor para impedir que este cumpra o direito da primeira noite com a sua rapariga.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Carmiña, Flor de Galicia». Cinecartaz. Público. Consultado em 28 de janeiro de 2016 
  2. Lamas, Jorge (14 de setembro de 2010). «Vigo descubre el cine promocional» (em espanhol). La Voz de Galicia 
  3. «Diario de la mañana, al servicio de los intereses de Galicia Num. s.n.». El Pueblo Gallego (em espanhol). 17 de fevereiro de 1927 
  4. «O conselleiro de Cultura e Educación asistiu á representación da película muda "Carmiña flor de Galicia"». Conselharia de Educação e Ordenação Universitária (em galego). Junta da Galiza. 7 de novembro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]