Casamento entre pessoas do mesmo sexo no Camboja

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Reconhecimento legal de
relacionamentos entre o mesmo sexo
Casamento
Reconhecido
  1. Ainda não está em vigor
  2. Quando realizada em entidades mexicanas que já legalizaram o casamento entre pessoas do mesmo sexo
  3. Também pode ser registado em Aruba, Curaçao, e São Martinho
  4. Não reconhecido na Irlanda do Norte
Portal LGBT

O casamento entre pessoas do mesmo sexo no Camboja não é legal, embora existam casos de casais do mesmo sexo que vivem juntos no país. A permissão ao casamento legal para casais do mesmo sexo chegou a ser discutido em 2004, quando o rei Norodom Sihanouk testemunhou casamentos do mesmo sexo sendo realizadas em San Francisco, e expressou seu apoio à legalização dessas uniões no Camboja, embora seu governo não tenha tomado qualquer ação para promover tal legislação.

Caso de casamento civil[editar | editar código-fonte]

Há um caso registrado de uma união do mesmo sexo legalmente válida no Camboja. Khav Sokha e Pum Eth se casaram em 12 de março de 1995, na aldeia de Kro Bao Ach Kok, na província de Kandal. Khav Sokha disse, em entrevista ao Phnom Penh Post: "As autoridades pensaram que era estranho, mas eles concordaram em tolerá-lo porque eu tenho três filhos já (de um casamento anterior). Eles disseram que, se nós dois estávamos simples (e sem filhos), não seriam autorizados a se casar porque não podia ter filhos. Assim, é um casamento plenamente reconhecido, com a aprovação oficial, e não houve realmente qualquer reação." O casamento teve a participação de 250 pessoas, incluindo monges budistas e altos funcionários do governo da Província.[1]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]