Castor de Apt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
São Castor de Apt
Bispo de Apt
Nascimento Nîmes, Gália (atualmente na França
Século IV
Morte Apt, Gália (atualmente na França
c. 420[1]
Veneração por Igreja Católica; Igreja Ortodoxa
Festa litúrgica 2 de setembro[1]
Padroeiro Apt
Gloriole.svg Portal dos Santos

Castor de Apt foi um bispo de Apt na antiga província romana da Gália.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Era possivelmente irmão de São Leôncio de Fréjus. Castor era advogado e casara-se com uma rica viúva. Morava em Marselha. Sua esposa, entretanto, permitiu-lhe ingressar na vida religiosa, ela própria entrando para um convento. Castor fundou o monastério de Manauque (Monanque), na Provença. Foi feito, depois, bispo de Apt. Morreu de causas naturais.

São João Cassiano escreveu sua obra De institutis coenobiorum a pedido de Castor.

Orago[editar | editar código-fonte]

Sua festa é em 2 de setembro. Suas relíquias estão preservadas na catedral de Apt, da qual ele é um dos patronos.

Referências

  1. a b Este texto foi extraído da Noveau Larousse Illustré - Grand Dictionnaire universel du XIXe siècle, enciclopédia, ed. 7 vol., Librarie Larousse, Paris, 1866-1877, em domínio público.
Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) santo(a) ou um(a) beato(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.