Catch-22 (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Catch-22
Artigo 22 (PRT)
Ardil 22 (BRA)
 Estados Unidos
1970 •  cor •  121 min 
Direção Mike Nichols
Roteiro Joseph Heller
Buck Henry
Elenco Alan Arkin
Martin Balsam
Richard Benjamin
Orson Welles
Art Garfunkel
Jon Voight
Anthony Perkins
Bob Newhart
Martin Sheen
Buck Henry
Género guerra
Idioma inglês

Catch-22 (Ardil 22 BRA ou Artigo 22 PRT) é um filme de guerra americano de 1970, adaptado do livro homônimo de Joseph Heller. Com sua temática de humor negro em torno dos "personagens lunáticos" do romance satírico de Heller,[1] o filme ficou marcado por problemas de produção e artísticos, que resultaram em seu fracasso comercial.[2]

Embora com uma equipe de produção talentosa - que incluía o diretor Mike Nichols e o roteirista Buck Henry (que também atuou no filme) - trabalhando no projeto por dois anos, a complexa tarefa de recriar uma base de bombardeio da Segunda Guerra Mundial e transpor para as telas uma sátira antibelicista provou-se uma tarefa difícil.[2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A história gira em torno das aventuras e desventuras do Capitão Yossarian, um bombardeador de B-25 da Força Aérea dos Estados Unidos, e os outros membros de seu esquadrão, baseados na ilha de Pianosa durante a Segunda Guerra Mundial. A levada do filme é frenética, de um teor intelectual, e seu tom amplamente absurdista,[3] interpelado por breves momentos de um realismo quase assustador. O filme não segue uma progressão cronológica normal, sendo contado através de uma série de flashbacks e sequências oníricas do ponto de vista do personagem principal.[4]

Produção[editar | editar código-fonte]

Adaptação[editar | editar código-fonte]

A adaptação do filme alterou substancialmente a ordem seguida no livro. Vários arcos foram deixados de fora, e diversos personagens do filme fazem as vezes (tanto no diálogo quanto nas experiências) de outros persongens do livro.[4] Apesar das mudanças, Heller aprovou o filme, conforme um comentário de Nichols e Steven Soderbergh nos extras do lançamento em DVD. De acordo com Nichols, Heller ficou particularmente impressionado com algumas cenas e trechos de diálogos criados por Henry, dizendo que se pudesse os incluiria no livro.[5]

Aeronaves[editar | editar código-fonte]

A Paramount firmou um contrato de 17 milhões de dólares para a produção do longa-metragem, planejando efetuar as cenas aéreas principais em seis semanas, mas essas sequências demoraram seis meses, resultando em 1,500 horas de vôo para os bombardeiros.[2] No entanto, eles aparecem no filme por apenas doze minutos.

Catch-22 acabou se tornando célebre por seu papel em salvar os B-25 Mitchell de uma provável extinção. O orçamento do filme poderia acomodar apenas dezessete B-25 em condições de vôo, mas outra aeronave, sucateada, foi adquirida no México e reformada. A aeronave foi então queimada e destruída em uma das cenas, e a carcaça enterrada em um terreno próximo à pista de pouso, onde permanece até os dias de hoje.

Quinze dos dezoito bombardeiros usados nas filmagens permanecem intactos, incluindo um em exposição no "National Air and Space Museum" do Smithsonian Institution.[6]

Referências[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Dolan 1985, p. 97.
  2. a b c Orriss 1984, p. 189.
  3. McCarthy, Todd. "Catch-22 (Review)." Variety, Volume 383, Edição 5, p. 18, 18 de Junho de 2001.
  4. a b Canby, Vincent. "Catch-22 (1970) Movie Review." New York Times, 25 de Junho de 1970.
  5. Nichols e Soderbergh, 2001
  6. North American B-25J-20NC (TB-25N) Mitchell Carol Jean

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Dolan Edward F. Jr. Hollywood Goes to War. London: Bison Books, 1985. ISBN 0-86124-229-7.
  • Farmer, James H. "The Catch-22 Air Force." Air Classics, Volume 8, No. 14, Dezembro de 1972.
  • Harwick, Jack and Schnepf, Ed. "A Viewer's Guide to Aviation Movies". The Making of the Great Aviation Films, General Aviation Séries, Volume 2, 1989.
  • Nichols, Mike and Soderbergh, Steven. "Commentary." Catch-22 DVD (Extras). Los Angeles: Paramount Pictures Home Entertainment, 2001.
  • Orriss, Bruce. When Hollywood Ruled the Skies: The Aviation Film Classics of World War II. Hawthorne, California: Aero Associates Inc., 1984. ISBN 0-9613088-0-X.
  • Tallman, Frank. "The Making of Catch-22." Warbirds International, Vol. 27, no. 4, Maio/Junho de 2008.
  • Thompson, Scott A. "Hollywood Mitchells." Air Classics, Vol. 16, No. 9, Setembro de 1980.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]