Catedral de Sobral

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Catedral de Sobral
Vista da arquitetural da frontaria da catedral.
Estilo dominante rococó e acréscimos
Construção 1778
Diocese Diocese de Sobral
Local Sobral, CearáCeará, Brasil

A Catedral de Sobral é o templo da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição também denominado de Catedral de Nossa Senhora da Conceição, que sedia a Diocese de Sobral[1]

História[editar | editar código-fonte]

Também conhecida como igreja da sé, a pedra fundamental de construção data de 5 de novembro de 1778, época do período colonial em que Sobral já era uma próspera vila, conhecida precipuamente como a Matriz da Caiçara e que se funde com o povoamento de Sobral[2][3][4][5].

Estrutura arquitetônica[editar | editar código-fonte]

Detalhes preservados do piso ornamental em mosaicos.

Mescla elementos do estilo tardo-barroca (ou rococó) com acréscimos decorativos como movimento ondulatório nas cornijas, os frontões altos, tratamentos em relevos esculpidos e coroagem com bulbosos das torres. No pórtico frontispicial a construção tem acabamentos com acervos de pedraria em lioz, vindos de Portugal[6].

Com a criação da Diocese de Sobral ganhou o status de catedral por sedear a sé episcopal[7]

Galeria de imagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. BRAGA, Renato. Dicionário geográfico e histórico do Ceará. Fortaleza: Imprensa universitária, 1967
  2. FROTA, Dom José Tumpinambá da (1995). História de Sobral. Sobral-CE: Centro Cultural Dom José de Sobral.
  3. IBGE. Enciclopédia dos Municípios Brasileiros. Volume XVI. Rio de Janeiro, edição do IBGE, 1957
  4. STUDART, Guilherme, Barão de. Datas e Factos para a Historia do Ceará. v. 2. Fortaleza: Typ. Studart, 1896. 3 v
  5. Revista do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Rio de Janeiro, v. 1, 1937
  6. CASTRO, José Liberal de. Aspectos da arquitetura no Nordeste do País (Ceará, Piauí e Maranhão). In: História Geral da Arte no Brasil / org. Walter Zanini. São Paulo: Instituto Walther Moreira Salles, 1983, v. 1, p. 299-319.
  7. ARAÚJO, Francisco Sadoc de, História Cultural Sobralense. Sobral: Imprensa Universitária - Universidade Estadual Vale do Acaraú-UVA, 1978.