Centro Cultural Internacional Oscar Niemeyer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o centro cultural em Duque de Caxias, veja Centro Cultural Oscar Niemeyer (Duque de Caxias). Se procura o centro cultural em Goiânia, veja Centro Cultural Oscar Niemeyer.
Centro Cultural Internacional Oscar Niemeyer
Tipo Centro cultural internacional
Inauguração 2011
Website www.niemeyercenter.org
Geografia
Localidade Avilés, em Astúrias, na Flag of Spain.svg Espanha

O Centro Cultural Internacional Oscar Niemeyer, ou simplesmente Centro Niemeyer, é um centro cultural localizado em Avilés, em Astúrias, na Espanha. É "uma praça aberta ao redor do mundo, um lugar para educação, cultura e paz", nas palavras de Oscar Niemeyer.

Oscar Niemeyer: A concepção[editar | editar código-fonte]

O arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer (criador dos mais importantes edifícios da cidade de Brasília, e um dos mitos da arquitetura universal) recebeu o Prémio Príncipe das Astúrias em 1989, sendo esta a origem do relacionamento do arquiteto com o Principado das Astúrias. Anos mais tarde, Niemeyer doou um projeto ao Principado. Seu projeto pretende ser um dos compromissos internacionais na produção de conteúdos culturais, associados a uma zona dedicada à excelência em educação e cultura. Este é o seu único trabalho na Espanha, e, nas palavras do próprio Oscar Niemeyer, o mais importante[1] de tudo quanto fez na Europa. Esta foi também a razão pela qual o Centro Cultural Internacional recebeu o nome de seu criador.

Construção[editar | editar código-fonte]

A primeira pedra foi colocada em abril de 2008, dando lugar aos primeiros estudos de solo antes do início das obras. É um projeto desenvolvido pelo Governo da Espanha e pelo Principado das Astúrias. O primeiro edifício construído foi a "cúpula", para a qual se utilizou uma técnica inovadora na construção de espaços para fins artísticos.

Passeio da Ria de Avilés.

O centro foi inaugurado na Primavera de 2011.

Regeneração urbana: "o efeito Niemeyer"[editar | editar código-fonte]

Além da sua dimensão cultural, o Centro Internacional Cultural Oscar Niemeyer de Avilés tem um elemento ambiental muito importante: é a parte central de um longo processo de regeneração urbana que modificará o aspecto da cidade. Ajudará no processo de limpar o rio Avilés, eliminará o trânsito pesado da área do porto e converterá os espaços em áreas esportivas e lúdicas. Esta área é chamada agora La isla de la innovación ("a ilha da inovação"). O Centro serve como um motor para a recuperação económica de uma área urbana degradada e em processo de transformação industrial.

Estrutura[editar | editar código-fonte]

O complexo cultural proposto consiste de cinco peças separadas e complementares:[2]

  • Praça: aberta ao público, onde serão agendadas atividades culturais e recreativas de forma permanente.
  • Auditório: para cerca de 1 100 espectadores.
  • Cúpula: espaço de exposição diáfano com cerca de 4 000 metros quadrados.
  • Torre: mirante sobre o estuário e a cidade, com 13 metros de altura, onde se localiza o restaurante.
  • Edifício polivalente: abriga o Film Centre, espaços para ensaios, reuniões e conferências.

Um polo de conhecimento[editar | editar código-fonte]

Centro Niemeyer começando a tomar forma na paisagem de Avilés.

O Centro Niemeyer é concebido como um "ímã" capaz de atrair talentos, um polo de conhecimento e criatividade. Nesta perspectiva, não é apenas uma porta de entrada para o melhor da cultura universal, mas também uma fábrica de produção de conteúdos. Para o efeito, o Centro Niemeyer irá funcionar em rede com alguns dos mais prestigiados centros culturais na cena internacional. Neste sentido, em dezembro de 2007, o Centro Niemeyer organizou o primeiro Fórum Mundial de Centros Culturais em Avilés (também conhecido como o G8 da Cultura), do qual participaram o Lincoln Center de Nova York, o Barbican Centre de Londres, o Sydney Opera House, o Centro Pompidou de Paris, a Biblioteca de Alexandria, o Fórum Internacional de Tokyo e o Hong Kong Cultural Center.[3]

Film Center[editar | editar código-fonte]

Uma das atividades em curso do Centro Niemeyer é o centro de Cinema. É dirigido por Woody Allen, que propôs a ideia para o Governo do Principado das Astúrias, após várias visitas ao Principado. Woody Allen tem mostrado o seu apoio ao centro de Avilés, com visitas à cidade e incluindo-a no seu primeiro filme rodado na Espanha. Em outubro de 2008, foi noticiado, na imprensa, que a European Film Academy irá colaborar com o Centro Niemeyer.

Gastronomia[editar | editar código-fonte]

O Centro tem três espaços dedicados à gastronomia: o restaurante, a coqueteleria (ambos na Torre) e o gastrobar (no prédio multiuso).

Exposições[editar | editar código-fonte]

A sala de exposições vasta principal está no Domo. A segunda sala, de menores dimensões, está no foyer do auditório.

Outras artes[editar | editar código-fonte]

Educação, música, teatro, dança... o Centro Niemeyer abriga diferentes tipos de manifestações artísticas e culturais, incluindo-as em sua programação.

Centro Niemeyer
Centro Niemeyer

A Fundação Centro Cultural Oscar Niemeyer[editar | editar código-fonte]

Em 2008, foi criada uma fundação que é responsável pela programação das atividades, com o objetivo de apresentá-lo ao cenário internacional, de modo a formar uma rede e criar uma marca sólida e prestigiada. A Fundação Centro Cultural é dirigida por Natalio Grueso.

O Centro também possui um conselho consultivo internacional que trabalha com a equipe de gestão na definição dos objetivos e na elaboração dos conteúdos. Este conselho consultivo é composto por personalidades de grande projeção internacional. Hoje, este Conselho é formado pelo cineasta Woody Allen,[4] o cientista Stephen Hawking,[5] o escritor Paulo Coelho,[6] e o criador da Internet e vice-presidente do Google, Vinton Cerf. A incorporação destas personalidades pretende refletir o nível de excelência que buscam todas as atividades que estão planejadas para o Centro Niemeyer.[7]

Paulo Coelho autografa livros em Avilés em 29 de maio de 2008.

O Centro Niemeyer também deu início a uma parceria com o London School of Economics, com o Instituto Cervantes, com o Teatro Old Vic de Londres (atualmente dirigido pelo ator Kevin Spacey), com a Fundação María Cristina Masaveu Peterson, com o Ministério da Cultura da Espanha e com a Caixa-Forum (La Caixa).

Atividade[editar | editar código-fonte]

Mesmo antes da conclusão das obras, a Fundação tem desenvolvido vários programas, alguns dos quais foram:

A apresentação do programa inaugural criou grande emoção, sendo a prova de que esgotou os 10 mil convites para o concerto de abertura de Woody Allen e The New Orleans Jazz Band.

Sua programação está disponível através do site oficial.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Melhor Projeto Nacional, Barcelona Meeting Point[9]
  • Melhor Projecto Urbano nos prêmios ao Êxito Empresarial em Astúrias [10]

Galeria de imagens[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Centro Cultural Internacional Oscar Niemeyer