Cestaria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Cestas sendo produzidas artesanalmente em Camarões.

A cestaria é entendida como um conjunto de objetos ou utensílios, obtido através de objetos trançados. Ela compreende a técnica de fabricação de cestos e designa a arte de trabalhar fibras. No sentido mais lato como um conjunto de objectos ou utensílios, obtidos através de fibras de origem vegetal. A cestaria envolve também a fabricação de esteiras assim como objectos de revestimento ou cobertura.Neste sentido a cestaria compreende a técnica de fabricação de cestos ou vasilhas de dois tipos fundamentais: o tipo entrelaçado, que engloba os géneros cruzado, encanado, enrolado e torcido, conforme a maneira de dispor as fibras, e o tipo espiral, com ou sem armação de sustentação. Qualquer um dos tipos está muito vulgarizado e obedece mais propriamente às características da fibra a utilizar, do que a um padrão cultural ou de área geográfica. As peças conforme o uso variam em tamanho e forma assim como a técnica de manufactura. São geralmente peças criadas segundo a sua funcionalidade.

Origem[editar | editar código-fonte]

A arte da cestaria é milenar, mas não existe comprovação  histórica sobre sua datação.

Nas antigas civilizações  as  cestas  eram fabricadas como artefatos de valor utilitário para  coletar  e armazenar alimentos, ou  transportar  pequenos objetos.

Posteriormente ,  cestas foram elaboradas também  para serem utilizadas com finalidade decorativa .

Este ofício  passou a ser dividido entre os fabricantes de cestas :Basket makers , e os decoradores de cestas para presentes: Basket decorators.

Na Combinação de funções,  e estilos , o seu uso pode ser para organização  da casa,  para decorar festas , ou  presentear alguem.

As cestas  podem ser confeccionadas , em materiais ,  como vime, palha, plástico ,   metal, ou  folhas , com variados formatos,  tamanhos , e cores .

As cestas  decorativas são elaboradas aplicando várias  técnicas  de pintura, colagem, bordados ,  forradas com tecidos,  e enfeitadas com fitas, pérolas , contas , pedras e flores. 

Entre o variados usos das cestas,  citamos alguns exemplos únicos ,  não  encontrados em nenhuma outra parte do mundo tais como

1.  Nantucket Lightship Baskets[1]

Esta  cestas são  fabricadas pelos habitantes da ilha de Nantucket, no estado de  Massachusetts , nos Estados Unidos , sendo considerado um importante ofício  da região .

O  Nantucket Lightship Basket Museum,  organiza exposições  anuais,deste artesanato. e oferece cursos profissionalizantes   permitindo seu aprendizado,alem de ter uma loja , e  web site destinado

para a comercialização  das  Nantucket Lightship Baskets

2.  Shlichah Baskets[2]

Estas é uma cesta fina originária   de Jerusalém[3] ,  Israel[4] , e decorada com técnica  especial .

Elaborada através de uma cesta plástica,  forrada com  tecido,  costurada à  mão, e enfeitada com fitas, pérolas  , ou pedras.  

A Shlichah Basket , inicialmente  foi criada com a finalidade  decorativa utilitária ,  para  serem colocados echarpes para as mulheres cobrirem seus cabelos,  antes de iniciarem à  rezar no

Muro das Lamentações ,  local  sagrado em Jerusalém  .

Com o passar dos anos,  a Shlichah  Basket comecou a  ser utilizada tambem para uso decorativo em  festas de casamentos ,   assim como cestas para brindes nas festas de Bat Mitzvah

e Bar Mitzvah , e cestas de presentes para noivas , e bebês .

As cestas são  em formato retangular, e no tamanhos medio ,  e grande,  e facilmente laváveis.

3. Indigenous Australian  Baskets[5]  , cestas que eram  fabricadas pelos  indígenas  australianos,  utilizando materiais da natureza.

Originalmente as cestas pertenciam a uma pessoa, ou a grupos em famílias .

Eles não eram um simples grupo, mas sim, vários  grupos que se intercomunicavam cada um pertencente a um território  diferente.

E eles decoravam as cestas com desenhos que indicavam a que grupo pertenciam.

As  Indigenous Australian  Baskets eram utilizadas para vários  fins, transporte de objetos pessoais , alimentos , assim como cestas para carregarem  bebês .

A técnica  antiga  de confecção  destas cestas, ainda é utilizada  hoje em dia na Austrália,  aplicando   novos materiais  e desenhos.

Atualmente quem deseja ser um  Basket maker , ou seja fabricante de cestas , podera aprender este ofício  facilmente, e abrir seu próprio negócio .

Existem diversos  cursos, videos explicativos,  e livros publicados  ,  com títulos atrativos  tais como:

“Aprenda agora a criar belas cestas” , e “Tenha seu próprio negócio. Crie Cestas de presentes”

As técnicas  são variadas de acordo com o material de fabricação , seja de vime, palha, metal,  plástico , folhas ou produtos da natureza.

Encontramos também   amadores que simplesmente   decoram cestas  ocasionalmente, para dar de presente a alguem,  ou para alguma  festividade especial.

Este é o caso das   Mishloach Manot Baskets[6] , as cestas  de Purim[7]

Segundo a tradição  judaica  cada pessoa na festividade  de Purim , deve oferecer uma cesta de presente  para  os amigos.

As cestas de Mishloach Manot  não  tem formato , tamanho , ou cores especificas. A criacao é livre, e a decoração  segue o gosto de cada um.

A importancia desta cesta, esta no  seu conteúdo , pois deverá  ter obrigatoriamente de uma bebida como vinho ou  suco de uva , e bolo ou biscoitos.

Existem cestas  básicas simples , assim como cestas de luxo , com vinhos, bolos,diversos tipos de  doces, chocolates, delícias , e frutas, dependendo da disponiblidade financeira de cada um.

O oficio da cestaria  (basketry )  é internacional, e tende a se expandir.  

Foram criadas OGNs, tais como The National Basketry Organization[8] uma organização  sem fins lucrativos com o intuito 

de unir pessoas interessadas na arte da cestaria, e de promover artistas e os fabricantes de cestas.

A fabricação, decoração,  e utilização  de cestas geralmente    variam de acordo com  cada país , região , povo, costumes  , e tradição.

Segundo a teoria de alguns pesquizadores existem muitas fontes sobre a origem da cestaria.

  1. Origem Indígena - na fabricação de cestos para transportar objetos ou para armazenagens de alimentos, com a comercialização, os indígenas passaram a fabricar pulseiras, colares, armadilhas de pescas e muito mais.
  2. Origem nômade - A cestaria teve origem nos povos nômades na procura de soluções do armazenamento e transporte de alimentos e na antiguidade.
  3. Origem Persa - Alguns escudos foram feitos de cestaria utilizados no batalhão Persa dos imortais.
  4. Origem Ibérica - Outros dizem que a Vila de Gonçalo foi o berço da cestaria em Portugal e Espanha

Materiais utilizados[editar | editar código-fonte]

A cestaria pode ser confeccionada com diversos materiais, como por exemplo:

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Baskets &​ belonging : Indigenous Australian Histories ,Bolton,Lissant Mary, 1954 The British Museum Press, 2011, ISBN-10: 0714125997 ISBN-13: 978-0714125992  

Lightship Baskets of Nantucket Lawrence R. Martha Publish 1999 ISBN 9780764308918

Kitzur Shulchon Oruch Rabbi Ganzfried Shlomo Editora Moznaim Publishing Corporation New York ,Jerusalem ISBN-10   1-885220-75-8 ISBN 978-1-885220-75-2

Shul’Han Aruj Recopilacion de las leys praticas segun la tradicion sefaradi Rabi M Hassan Abraham , Fundacion Hasde Lea Madrid

Decorating Baskets:50 Fabulous Projects Using Flowers, Fabric. Beads. Wire & More, Tourtillott ,Suzanne , Lark Books 2003. ISBN 9781579904319

The Western Wall : its meaning in the thought of the sages, Kasher, Menahem 1895-1983 Published  ,  New York  the Judaica Press c1972 System Number 875138

The Wailing Wall Fisher ,Leornard Everett Publisher New York Macmillan 1989 Syatem number 859210

Baskets: A Book for Makers and Colletors , Sudduth Billie Ruth, Hand Books Press,1999, ISBN 9780965824842

It's a Wrap:Sewing Fabric Purses. Baskets and Bowls, Breier Susan, Martingale,2006, ISBN 9781604686296

Baskets , Schiffer Nancy, Adovasio J,M Publisher Schiffer 1996 ISBN 9780766430066

Become a Gift Baskets Business Owner, Janes Jennifer, Fab Job Guide

Referências

  1. History of Baskets | Nantucket Lightship Basket Museum www.nantucketlightshipbasketmuseum.org. Visitado em 2016-01-26.
  2. Shlichah Baskets Pixieset. Visitado em 2016-01-26.
  3. "About Jerusalem" (em english). Israel government portal.
  4. "Israel" (em pt). Wikipédia, a enciclopédia livre.
  5. Office, Digital Transformation. Australian Indigenous tools and technology | australia.gov.au (em English) www.australia.gov.au. Visitado em 2016-01-26.
  6. "Mishloach manot" (em en). Wikipedia, the free encyclopedia.
  7. "Purim" (em es). Wikipedia, la enciclopedia libre.
  8. National Basketry Organization, Inc. | PO Box 1524 | Gloucester, MA 01931-1524 USA | 617.863.0366 | Promoting the Art, Skill, Heritage and Education of Traditional and Contemporary Basketry nationalbasketry.org. Visitado em 2016-01-26.