Charles Frédéric Girard

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Charles Frédéric Girard
Nascimento 8 de março de 1822
Mulhouse
Morte 29 de janeiro de 1895
Neuilly-sur-Seine
Cidadania França, Estados Unidos
Alma mater
Ocupação biólogo, zoólogo, ictiólogo, herpetólogo, médico
Empregador Universidade Harvard

Charles Frédéric Girard (Mulhouse, 8 de março de 1822Neuilly-sur-Seine, 29 de janeiro de 1895) foi um biólogo francês especializado em ictiologia e herpetologia. Nasceu em Mulhouse, França, e estudou na Universidade de Neuchâtel, na Suíça, e foi um estudante de Louis Agassiz. Em 1847, acompanhou Agassiz como seu assistente para Harvard.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu em Mulhouse, França, e estudou no College of Neuchâtel, na Suíça, como aluno de Louis Agassiz. Em 1847, ele acompanhou Agassiz como seu assistente na Universidade de Harvard. Três anos depois, Spencer Fullerton Baird o chamou ao Smithsonian Institution para trabalhar em sua crescente coleção de répteis, anfíbios e peixes norte-americanos. Ele trabalhou no museu pelos dez anos seguintes e publicou vários artigos, muitos deles em colaboração com Baird.[2]

Em 1854, ele foi naturalizado como cidadão americano. Além de seu trabalho no Smithsonian, ele conseguiu obter um mestrado da Universidade de Georgetown em Washington, DC em 1856. Em 1859 ele retornou à França e foi agraciado com o Prêmio Cuvier do Instituto da França por seu trabalho com os répteis e peixes norte-americanos dois anos depois.[2]

Quando a Guerra Civil Americana estourou, ele se juntou aos Confederados como agente de suprimentos médicos e cirúrgicos. Após a guerra, ele permaneceu na França e iniciou a carreira médica. Durante a Guerra Franco-Prussiana, ele serviu como médico militar e publicou um importante artigo sobre a febre tifóide após o Cerco de Paris. Ele permaneceu ativo como médico até ca. 1888. Nos três anos seguintes, ele publicou mais alguns artigos sobre história natural.[2]

Ele se aposentou em 1891 e passou o resto de sua vida em Neuilly-sur-Seine, onde morreu em 1895.[2]

Referências

  1. «Biography». vertebrates.si.edu 
  2. a b c d «Charles Girard, Ichthyology at the Smithsonian, 1850-1900». web.archive.org. 27 de julho de 2016. Consultado em 9 de março de 2021 
Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.