Cheap Thrills

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cheap Trills
Álbum ao vivo de Big Brother and the Holding Company
Lançamento Agosto de 1968
Gravação 2 de maio de 1968
20 de maio de 1968
Gênero(s) Rock psicodélico
Rock and roll
Blues
Duração 37:11
Formato(s) LP
Gravadora(s) Columbia Records
Produção John Simon
Cronologia de Big Brother and the Holding Company
Último
Último
Big Brother & the Holding Company - 1967
Próximo
Próximo
Combination of the Two é uma das três músicas do álbum gravadas ao vivo e traz Janis Joplin no auge com o Big Brother.

Cheap Thrills é o segundo álbum da banda de rock Big Brother and the Holding Company, lançado em 1968, e o último álbum de Janis Joplin como vocalista principal da banda. O álbum tem três músicas gravadas ao vivo e vendeu cerca de um milhão de cópias. A capa do disco, ícone da arte underground dos anos da contracultura, foi desenhada por Robert Crumb.

Gravação[editar | editar código-fonte]

O Big Brother conseguiu bastante atenção depois de sua apresentação no Monterey Pop Festival, no verão de 1967, e pouco depois lançou seu disco de estréia, Big Brother & the Holding Company. Apesar do sucesso repentino, o álbum não teve sucesso, mal alcançando a 60ª posição nas paradas, apesar da´canção Down On Me ficar nas 50 primeiras posições entre as mais tocadas. A Columbia Records ofereceu novo contrato à banda, mas o acordo levou meses até poder ser concluído, já que eles se encontravam sob contrato com a Mainstream Records, onde gravaram este primeiro álbum.1

Cheap Thrills tem a apresentação da banda ao público feita por Bill Graham, famoso empresário de concertos de rock e arredantário do The Fillmore Auditorium, onde ela foi gravada, logo ao início da primeira música, Combination of the Two, um rock onde a voz possante de Janis Joplin se destaca, que junto com I Need a Man to Love e Ball and Chain, com duração de quase dez minutos, são as três músicas gravadas ao vivo. O álbum na verdade pouco captura o clima e o som das energéticas apresentações da banda ao vivo.

Capa e título[editar | editar código-fonte]

A capa do álbum foi desenhada pelo cartunista Robert Crumb, ligado ao underground americano dos anos 60, depois que a primeira idéia da banda, com todos os integrantes nus numa cama, foi vetada pela gravadora. A intenção de Crumb era usar os desenhos na contracapa com um retrato de Janis na capa. Mas a cantora, fã dos quadrinhos do cartunista e da capa desenhada por ele, pediu à Columbia que colocasse os desenhos na própria capa. 2 . A capa, que tornou-se extremamente popular, ocupa a nona posição entre as 100 melhores capas de álbuns de todos os tempos, na avaliação feita pelos leitores da revista Rolling Stone.3

Inicialmente o álbum teria o nome de Sex, Dope and Cheap Thrills (Sexo, Narcóticos e Emoções Baratas), mas o título também não foi aceito pela gravadora, prevalecendo apenas a última parte dele.

Sucesso e reconhecimento[editar | editar código-fonte]

O disco foi lançado no verão de 1968, um ano depois de seu álbum de estréia e chegou ao número um da parada da Billboard depois de dois meses, em outubro, ficando oito semanas não-consecutivas no primeiro lugar. A canção Piece of My Heart também tornou-se um grande sucesso avulso. No fim do ano, Cheap Thrills tinha se tornado o lançamento mais bem sucedido de 1968, com cerca de um milhão de cópias vendidas. O grande sucesso da banda, porém, foi curto, com saída de Janis Joplin, para uma carreira solo, e do guitarrista e compositor Sam Andrew em dezembro do mesmo ano.

Em 2003, ele foi considerado o 334º melhor álbum de todos os tempos na lista dos 500 maiores álbuns da revista Rolling Stone4 e é sempre lembrado e cultuado como uma das maiores gravações dos anos 60.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Original (LP)[editar | editar código-fonte]

Lado A
  1. "Combination of the Two" (Sam Andrew) – 5:47
  2. "I Need a Man to Love" (Sam Andrew, Janis Joplin) – 4:54
  3. "Summertime" (George Gershwin, Ira Gershwin, DuBose Heyward) – 4:00
  4. "Piece of My Heart" (Bert Berns, Jerry Ragovoy) – 4:15
Lado B
  1. "Turtle Blues" (Janis Joplin) – 4:22
  2. "Oh, Sweet Mary" (Peter Albin, Andrew, David Getz, James Gurley, Janis Joplin) – 4:16
  3. "Ball and Chain" (Big Mama Thornton) – 9:02
A reedição em Cd tem as faixas bônus
  1. "Roadblock" (Janis Joplin, Peter Albin ) (studio outtake)
  2. "Flower in the Sun" ( Sam Andrew )(estúdio)
  3. "Catch Me Daddy" ( Peter Albin, Sam Andrew, David Getz, James Gurley, Janis Joplin )(ao vivo)
  4. "Magic of Love" ( M. Spoelstra )(ao vivo)

Músicos participantes[editar | editar código-fonte]

  • Janis Joplin - Vocal
  • Sam Andrew - Guitarra e baixo / Vocais em "Combination Of The Two" e "Oh Sweet Mary"
  • James Gurley - Guitarra
  • Peter Albin - Baixo e guitarra
  • Dave Getz - Bateria
  • John Simon - Piano em "Turtle Blues"

Referências