Chipa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Chipa
chipas paraguaias
País Paraguai / Argentina
Região Missões franciscanas e jesuíticas
Variações pão de queijo
Receitas: Chipa   Multimédia: Chipa

A chipa (ou chipá[1]) é uma iguaria tradicional das culinárias paraguaia[2] e argentina[1]. Tem suas origens nas missões jesuíta e franciscana da Governação do Paraguai (Vice-Reino do Peru), conforme registrado nas crônicas dos séculos XVI, XVII e XVIII.[3][4] Em geral, o preparo de sua massa requer polvilho, óleo vegetal ou azeite de oliva, queijo ralado, ovos e sal. Após pronta a massa, as chipas são moldadas em forma de "ferradura" e levadas ao forno para assar. Pode-se acrescentar margarina no lugar do óleo vegetal.

O pão de queijo brasileiro é uma das variações sul-americanas da receita.

Referências

  1. a b «A origem dos clássicos do café da manhã brasileiro pode estar bem longe de Minas Gerais». Aventuras na Historia. Consultado em 29 de março de 2020 
  2. «No clima da Sul-Americana, veja famosos petiscos de estádios pelo continente». Esporte - iG. Consultado em 29 de março de 2020 
  3. «Chipa, o petisco mais popular do Paraguai e um símbolo de sua identidade» (em espanhol). Consultado em 17 de dezembro de 2020 
  4. «A chipa, símbolo da identidade paraguaia» (em espanhol). Consultado em 17 de dezembro de 2020 
Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.