Chiquinho Oliveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Francisco Carlos de Oliveira, mais conhecido como Chiquinho Oliveira ou Chico Oliveira (Piedade,[1] [quando?]), é um trompetista e arranjador brasileiro, conhecido por integrar entre 2000 a 2015 o sexteto do Programa do Jô.[2] [3]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Formado pelo Conservatório Musical João Batista Julião, de Sorocaba, atuou nas bandas Brasília Modern Six, Orquestra Orfeu Negro, Santa Mônica e Casablanca, como arranjador e trompetista, entre os anos de 1972 e 1989. Gravou com grandes nomes da música, como Gonzaguinha, Renato Russo, Selma Reis, Arthur Maia, Ed Motta, Nana Caymmi, Ivan Lins, Jorge Ben Jor, James Hetfield e Elba Ramalho, entre outros.

Atualmente, Chiquinho é líder da big band Metalmanera.

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. [h t t p://espacodotrompete.blogspot.com.br/2013/02/entrevista-de-francisco-carlos-de.html Entrevista com Francisco Carlos de Oliveira, ou Chiquinho Oliveira]
  2. Musicalroriz.com.br. "Chiquinho Oliveira do Sexteto do Jô, agora é Artista Conn-Selmer". Consultado em 29 e julho de 2012. 
  3. "Sexteto vira Quarteto na nova temporada do "Programa do Jô"". 
Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.